Eterno ídolo atleticano fala que equipe não pode deixar paulistas avançarem às oitavas de final da Libertadores. Para tal, basta um empate nesta quarta-feira, no Morumbi

Dadá Maravilha disse que Atlético-MG tem que eliminar o São Paulo já nesta quarta-feira
Levi Bianco/Gazeta Press
Dadá Maravilha disse que Atlético-MG tem que eliminar o São Paulo já nesta quarta-feira

O Atlético-MG encara o São Paulo nesta quarta-feira no estádio do Morumbi e tem a chance de eliminar o rival da Copa Libertadores ainda na fase de grupos. Para isso, basta arrancar um empate fora de casa. Na visão de Dadá Maravilha, eterno ídolo atleticano, o time tem mais é “matar agora, senão morre”.

“O Galo tem que matar o São Paulo. São Paulo, Corinthians, Grêmio e Fluminense são times que só se matam no início. Não pode deixar crescer. Se o São Paulo passar dessa fase, ninguém segura”, falou Dadá ao iG Esporte .

LEIA: Eliminação na fase de grupos seria maior vexame do São Paulo em Libertadores

Caso a equipe paulista avance, irá enfrentar justamente o Atlético-MG nas oitavas de final do torneio continental. O primeiro duelo será no Morumbi e a partida de volta acontecerá em Belo Horizonte.

De acordo com Maravilha, o mineiros, com 100% de aproveitamento na Libertadores, são favoritos para o jogo desta quarta-feira. Mas o mesmo não pode ser dito sobre um eventual encontro no mata-mata.

MAIS: Cuca prevê jogo duro contra o São Paulo e conta com o retorno de Diego Tardelli

“Hoje o Atlético é favorito. O São Paulo tem um time nervoso, sem esquema. Parece um time de pelada. Mas mata agora, senão morre. O São Paulo cresce, tem tradição, tem camisa”, explicou o ex-atacante.

Com 15 pontos em cinco rodadas, os atleticanos já asseguraram a melhor campanha entre todos os clubes na fase de grupo da Libertadores. Os são-paulinos, caso se classifiquem, serão os piores entre as 16 equipes.

E AINDA: Rogério Ceni e Toloi participam de treino secreto e aumentam chance de jogar

Para avançar, o time do Morumbi precisa derrotar o Atlético-MG no Morumbi e torcer por uma vitória do Arsenal de Sarandí sobre o The Strongest, na Argentina. Se este duelo empatar, os paulistas necessitarão de um triunfo por pelo menos dois gols de diferença. Caso os bolivianos vençam, o São Paulo está fora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.