O jogador já trabalha a parte física para ficar pronto para ajudar os alvinegros ainda na Taça Rio e na disputa da Copa do Brasil

Andrezinho está afastado por lesão
Gazeta Press
Andrezinho está afastado por lesão

Fora da equipe desde a Taça Guanabara, Andrezinho está próximo do retorno ao time do Botafogo. O jogador já trabalha a parte física para ficar pronto para ajudar os alvinegros ainda na Taça Rio e na disputa da Copa do Brasil. Desta forma, o meia destaca a evolução nos últimos dias e a necessidade de seguir o cronograma de treinos para não voltar a sentir a lesão.

"A sensação é a melhor possível, pois é grande a expectativa de retornar, ainda mais pelo momento que a equipe vive. Isso dá mais tranquilidade para voltar bem. A cada dia que passa estou evoluindo, agora o que falta é muito mais retomar a confiança e recuperar a forma física para voltar no mesmo nível que eu estava", projetou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Andrezinho também falou do apoio que recebeu durante todo o tratamento do elenco do Botafogo. O jogador lembrou que o tempo longe dos gramados é muito ruim, mas o período foi amenizado pelos companheiros.

"O momento que você fica fora, para nós jogadores, é o pior. Ainda mais quando são 40 dias. Ir ao clube sempre e não poder fazer o que mais gosta é complicado. Mas o grupo do Botafogo é muito bom, além da qualidade de cada jogador, há a parte humana. Foi muito importante receber esse apoio de todos os jogadores e comissão técnica. É claro que queria contribuir jogando, fazendo o que gosto, dentro de campo", destacou.

Leia mais: Lesionados, volantes Gabriel e Renato desfalcam Botafogo na estreia

Mesmo fora da equipe, Andrezinho pediu atenção ao elenco para a estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o Sobradinho, no Distrito Federal. O jogador acredita que o clube deve conquistar títulos na temporada, mas pede tranquilidade aos seus companheiros.

"Vivemos um momento muito bom, mas não podemos nos iludir. O importante vai ser quando conquistarmos o título. Chegar ao topo é fácil, se manter é o mais difícil. Precisamos de todos, não podemos ter vaidade. Com um grupo forte, um torcendo pelo outro, o Botafogo vai ganhar títulos. É importante ter essa consciência", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.