O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, fez a proposta de R$ 4 milhões, mais Anselmo Ramon e Victorino, mas os cariocas querem R$ 12,9 milhões

Dedé, zagueiro do Vasco
FERNANDO SOUTELLO / Agif/Gazeta Press
Dedé, zagueiro do Vasco

O diretor de futebol do Cruzeiro , Alexandre Mattos, segue no Rio de Janeiro tentando a contratação do zagueiro vascaíno Dedé. A diretoria da Raposa teria encontrado parceiros para viabilizar o negócio, mas o clube carioca recusou a primeira oferta celeste e pediu 5 milhões de euros (R$ 12,9 milhões) por 45% dos direitos econômicos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O Cruzeiro ofertou 4 milhões de euros, mais o atacante Anselmo Ramon e o zagueiro uruguaio Victorino, proposta que não foi aceita. O Vasco já declarou que o defensor provavelmente vai deixar o clube, mas os cariocas preferem receber o pagamento todo em dinheiro para saldar dividas.

Apesar da recusa inicial, o Cruzeiro segue tentando um acerto com o Vasco para ter Dedé no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. O grande problema é que além da Raposa, outros clubes do futebol nacional e também do exterior tentam a contratação de Dedé. No Brasil, o Corinthians é o principal concorrente da Raposa para ter o defensor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.