Atacante do Corinthians demonstra surpresa ao ganhar oportunidades como titular do time e deixar jogadores como Alexandre Pato e Jorge Henrique no banco

Na dúvida entre Emerson e Romarinho, Tite escalou os dois na vitória do Corinthians sobre o San José, na última quarta-feira. Alexandre Pato ficou no banco de reservas e viu os concorrentes fazerem um bom trabalho antes de entrar no jogo e dar a sua contribuição, também boa.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores


“Tem aquela preocupação. Você olha para o banco, vê o Pato e fala: ‘O que é isso?’ O Jorge (Henrique) também tem muita qualidade, ficou no banco também. Não pode dar brecha. O grupo é muito bom e cada um está esperando sua oportunidade”, comentou Romarinho.

Leia mais: Romarinho se anima com chance de pegar o Palmeiras na Libertadores: "Tomara"

O garoto vem aproveitando a sua. Ora atuando como articulador na faixa central do campo, ora ocupando espaço e partindo para cima da marcação pelos lados do gramado, ele tem feito um trabalho convincente e recebido elogios do comandante.

“O Tite está me usando nessas duas posições. Cheguei a fazer esse papel de meia na base. O negócio é só pegar confiança nos treinamentos, porque jogar bola a gente sabe. É uma questão de confiança mesmo. Felizmente, estou cumprindo o meu papel”, explicou.

Decisivo em clássicos contra o Palmeiras e marcado pelo gol na final da última Copa Libertadores, contra o Boca Juniors, Romarinho espera carregar a boa fase atual para os mata-matas da competição sul-americana. “Às vezes, minha estrela se apaga, mas ela brilha na hora certa.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.