Palmeiras consultará Conmebol para poder utilizar Leandro e Léo Gago

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante e volante foram inscritos pelo Grêmio na Libertadores, mas nem ficaram no banco diante da LDU e foram excluídos da lista do time gaúcho

Com a classificação garantida para as oitavas de final da Libertadores, o Palmeiras tem a chance de inscrever três jogadores. E tenta se reforçar com quem já está no elenco. Gilson Kleina confirmou que o clube vai procurar a Conmebol para saber se poderá utilizar Léo Gago e Leandro nas próximas fases.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Ricardo Saibun/ Gazeta Press
Leandro domina a bola durante o clássico contra o Santos

Ambos foram inscritos pelo Grêmio para a fase anterior aos grupos, mas não ficaram nem no banco de reservas nos dois jogos contra a LDU. Além disso, os dois já estão excluídos da lista do clube gaúcho que a Conmebol coloca no site oficial da Libertadores.

Leia mais: Classificação antecipada na Libertadores sela paz entre Palmeiras e torcida

O histórico da entidade mostra que o Verdão não deve ter sucesso. No ano passado, o Flamengo questionou sobre a possibilidade de usar Adriano, que tinha sido inscrito pelo Corinthians sem entrar em campo. A Conmebol respondeu que o atacante só poderia atuar na Libertadores pelo Timão.Mesmo se não puder contar com Leandro e Léo Gago, Kleina já tem opções no grupo para fazer as trocas entre os 30 jogadores já inscritos. O meia Rondinelly - que não foi nem inscrito pelo Grêmio - e o zagueiro André Luiz chegaram após a estreia do Palmeiras na Libertadores, e o defensor é uma novidade certa na lista.

A diretoria ainda tentou buscar outros nomes para se reforçar. O presidente Paulo Nobre, por exemplo, foi a Portugal e tentou tirar Alan Kardec do Benfica, mas não conseguiu. Como não é mais possível trazer algum jogador do exterior neste semestre, a busca está focada em atacantes que atuam no Brasil.

Contudo, independentemente de quem chegar, Kleina lembra que seu time se superou mesmo com muitos desfalques ao longo da fase de grupos. "Não vamos esquecer que Palmeiras é Palmeiras, tem muita tradição e muitos títulos. E isso pesa. Quando há um equilíbrio, isso faz a diferença", apontou o técnico.

Leia tudo sobre: palmeirasconmebolleandroléo gagoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas