Rafael evita criticar o Santos e cita dificuldades da Copa do Brasil

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Goleiro santista acredita que a sua equipe poderia ter saído com o confronto definido do Piauí

O empate com o Flamengo-PI, por 2 a 2, na última quarta-feira, no Estádio Albertão, não agradou a maior parte dos jogadores do Santos e também deixou o goleiro Rafael insatisfeito. Para o camisa 1 do Peixe, que evitou criticar a equipe praiana, os alvinegros poderiam ter saído de Teresina (PI) com uma vitória, até mesmo por dois gols de diferença, o que garantiria os santistas na segunda fase da Copa do Brasil.

Gazeta Press
Rafael faz treino com bola no Santos

“A gente queria vencer, só que infelizmente não conseguimos. Tivemos adversidades e não conseguimos contorná-las nesta partida. Mas, pelo menos, não perdemos. Sabemos que a Copa do Brasil é assim. Quando fomos campeões em 2010, eliminamos o jogo de volta apenas na segunda fase (contra o Remo-PA). É uma competição difícil”, destacou o arqueiro.

O Santos volta a enfrentar os piauienses na próxima quarta, na Vila Belmiro. Porém, antes do segundo confronto desta primeira etapa do torneio nacional, o Peixe volta a entrar em campo pelo Campeonato Paulista.

Os santistas visitam o União Barbarense, no sábado, a partir das 18h30 (horário de Brasília), no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães. “Agora é trabalhar porque temos de vencer o jogo de volta contra o Flamengo-PI. Antes, nós temos mais um compromisso pelo Paulistão. Precisamos ganhar para terminar bem a primeira fase (da competição estadual)”, concluiu Rafael.

Leia tudo sobre: rafaelsantosigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas