Durante a Soccerex, gerente corintiano afirmou pretensão do clube em contratar argentino

Edu falou que o Corinthians pode ir atrás de Tevez
Jason Cairnduff / Action Images
Edu falou que o Corinthians pode ir atrás de Tevez

O gerente de futebol do Corinthians , Edu Gaspar, esteve no Fórum Europeu da Soccerex, nos dias 10 e 11 de abril, em Manchester, e colocou o clube paulista na briga para contratar Tevez, atacante do Manchester City .

Deixe seu comentário para esta notícia

"Nós fazemos negociações se precisamos. Não vamos porque um jogador foi importante, ou possa a vir a ser importante. Se nós temos a necessidade, e vemos que é alguém que realmente precisamos, nós vamos atrás. Como o Tevez, por exemplo, nós vamos entrar na briga pela negociação", declarou Edu de acordo com a assessoria do evento.

Em julho de 2011, o clube inglês rejeitou a oferta de R$ 90 milhões feita pelo Corinthians para serem pagas em quatro parcelas até 2015. Porém, o então presidente do clube, Andrés Sanchez, afirmou que o Corinthians poderia voltar a negociar com o Manchester City. Tevez jogou no clube paulista entre 2005 e 2006 e foi o principal jogador trazido pela MS, então parceira corintiana, para o Parque São Jorge.

O gerente corintiano participou do painel “A vida depois do apito final”, ao lado de outros ex-jogadores como Gaizka Mendieta e Edwin van der Sar. Durante o evento, Edu falou sobre sua vida após a aposentadoria dos gramados e seu trabalho no Corinthians.

"O Corinthians mudou muito a maneira de ser. Temos uma estrutura fantástica, comissão técnica e executivos sérios. Isso mostra para o jogador a importância que o clube dá para isso. E ele se sente parte e acaba querendo ficar mais tempo. Tem bom salário, vê o clube profissional e quer ficar com a gente. O Pato foi surpreendido, ele não esperava que o clube estivesse tão bem organizado e isso fez ele quisesse ficar por aqui", afirmou Edu Gaspar, citando também o exemplo de Ronaldo. “Ele veio para o Corinthians e hoje ele é um corintiano, torce por tudo o que ele vê acontecendo no clube”.

O dirigente acredita que as contratações deste ano ajudarão a manter o Corinthians na disputa constante por títulos. "Muitas pessoas falavam que o Corinthians não precisava contratar. Mas nós trouxemos três grandes atletas Pato, Renato Augusto e Gil. Três grandes jogadores. A ideia que temos como Corinthians e como clube é estar sempre no topo. Se não estivermos em primeiro, é para brigar para estar sempre ali, entre os primeiros colocados", disse o gerente corintiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.