Com um a mais em campo, o time carioca teve chance de marcar o gol da vitória diante do Grêmio, mas não caprichou

Com o empate sem gols diante do Grêmio , em Porto Alegre, nesta quarta-feira, o Fluminense ficou bem perto da classificação para a segunda fase. Na liderança do Grupo 8, a equipe carioca tem um ponto de vantagem sobre o Tricolor Gaúcho e o chileno Huachipato, e ainda decide a vaga em casa, contra o Caracas, na próxima quarta-feira. Apesar do cenário favorável, o treinador Abel Braga pede cautela para o jogo mais importante do ano.

Fluminense e Grêmio empataram no Sul
Stringer/Reuters
Fluminense e Grêmio empataram no Sul

"Não tem tranquilidade. Apenas o Grêmio e o Caracas venceram em casa neste grupo até agora. Então, não tem tranquilidade nenhuma. Temos que mudar o foco, porque temos um ‘Fla x Flu’ no domingo, mas o jogo do Caracas se tornou decisivo, é o jogo do ano", explicou o treinador que não acreditou nas chances perdidas por sua equipe.

Com um a mais em campo, o Fluminense teve chance de marcar o gol da vitória, mas não caprichou. "Poderíamos ter sido um pouco mais agressivo. Tivemos chances com o Rhayner, com o Wagner e o Sóbis perdeu um gol que não dá para entender até agora", criticou Abel Braga, que apesar da possibilidade da vitória, admitiu que gostou do empate.

De acordo com o treinador, o planejamento era pontuar fora de casa, já que a equipe tinha vários desfalques e muitos colocavam o Grêmio como favorito para o confronto. "Todo mundo achou que seria mole para o grêmio e não foi isso que se viu. Tivemos um gol anulado, perdemos chances. Acho que poderíamos sair com a vitória, mas não deu, e o empate é muito bom. Porque antes do jogo o empate era muito bom".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.