Sem Muricy no banco, Santos encara o Flamengo-PI na estreia da Copa do Brasil

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Fora da Libertadores em 2013, equipe paulista aposta as suas fichas na Copa do Brasil para voltar à competição continental na próxima temporada

Fora da Copa Libertadores da América deste ano, o Santos volta a jogar a Copa do Brasil depois de duas edições ausente da competição nacional. Campeão do torneio em 2010, o Peixe inicia a sua trajetória na Copa do Brasil deste ano ao enfrentar o Flamengo-PI, nesta quarta-feira, a partir das 22 horas (horário de Brasília), no Estádio Albertão.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

WAGNER CARMO / Gazeta Press
Neymar marcou de falta o gol de empate do Santos contra o São Caetano

Para este compromisso, a principal arma santista para o duelo com os piauienses é o atacante Neymar. Demonstrando respeito ao adversário, o atacante está ciente de que o time nordestino irá fazer o possível para conquistar um bom resultado no primeiro jogo entre as duas equipes ou, pelo menos, não sofrer uma derrota por dois ou mais gols de diferença, situação que eliminaria o Flamengo-PI já no confronto em Teresina.

“Seria bom vencer (pela margem que garante a classificação direta), mas não nos importamos em eliminar o jogo de volta ou não. Vamos respeitá-los, pois sabemos que eles vão defender o ‘prato de comida’ deles, assim como vamos defender o nosso. Queremos ganhar e vamos fazer o possível para atingir este objetivo”, afirmou Neymar.

Os alvinegros têm alguns desfalques para a estreia na competição nacional. O volante Arouca, mesmo recuperado de uma lesão na região postero-medial da coxa direita, ainda não está em condições de entrar em campo e, por causa disso, foi vetado pelo departamento médico do clube para o duelo com os piauienses.

Além de Arouca, o lateral direito Bruno Peres e o atacante Miralles também não foram relacionados para o jogo com o Flamengo-PI. O ala direito está em tratamento por conta de dores no músculo adutor da coxa esquerda, enquanto o argentino está fazendo trabalho de reforço muscular, depois de ter sofrido um edema na coxa esquerda.Em compensação, o zagueiro Edu Dracena está recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo e irá voltar ao Santos diante dos nordestinos. O volante Marcos Assunção, recuperado de uma lesão na coxa direita, também ficará à disposição da comissão técnica.

Sendo assim, Dracena reassume o seu posto na zaga santista ao lado de Durval. Neto será sacado da equipe. Rafael Galhardo será mantido na lateral-direita. E, mesmo com a volta do veterano Assunção, Alan Santos continua entre os titulares.

Vale lembrar ainda que o técnico Muricy Ramalho não viajou com o Peixe para Teresina. O treinador foi internado às pressas na última sexta e, após exames, foi diagnosticado o quadro de diverticulite, em razão de um tipo de inflamação no intestino grosso. No domingo, Muricy recebeu alta do Hospital São Luiz, na região do Morumbi, em São Paulo. Mesmo assim, seguindo orientações médicas, o comandante ficará em repouso na sua residência e o time será dirigido pelo auxiliar técnico Tatá, nesta quarta.

No Flamengo-PI, a aposta é que os experientes Lúcio, ex-Santos, e Edson Di podem ajudar a equipe nordestina a tentar surpreender os alvinegros, jogando com o apoio de sua torcida.

Mesmo assim, o técnico dos piauienses, Josué Teixeira, sabe que a missão dos seus comandados não é simples, tendo Neymar e companhia pela frente. “O futebol te permite sonhar. Criamos uma realidade bem verdadeira para não fugir do potencial dos jogadores. Estamos conscientes das nossas possibilidades e o importante é não criar falsas ilusões. Deixei claro aos jogadores que contra o Santos não será a partida da vida”, disse.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-PI X SANTOS

Local: Estádio Albertão, em Teresina (PI)
Data: 10 de abril de 2013 (quarta-feira)
Horário: 22 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Luis Carlos Camara Bezerra e Izac Márcio da Silva Oliveira (ambos do RN)

FLAMENGO-PI: Robson; Niel, Laércio, Rafael Freitas e Rafinha; Alessandro, Marcelo, Léo Maceió e Lúcio; Darlan e Edson Di
Técnico: Josué Teixeira

SANTOS: Rafael; Rafael Galhardo, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Alan Santos, Cícero e Montillo; Giva e Neymar
Técnico: Tata (interino)

Leia tudo sobre: santosigspcopa do brasil 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas