São Paulo precisa vencer o Atlético-MG na próxima semana para se classificar às oitavas da Libertadores

O São Paulo tem a chance de confirmar sua liderança na primeira fase do Campeonato Paulista na noite desta quarta-feira, mas a grande expectativa da torcida está na partida contra o Atlético-MG, no dia 17. Apesar da situação complicada do Tricolor no torneio da Conmebol, o técnico Ney Franco não pensa em desmotivação do elenco.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Ney Franco comanda o São Paulo diante do The Strongest na Libertadores
Juan Karita/AP
Ney Franco comanda o São Paulo diante do The Strongest na Libertadores

"Os jogadores estão com confiança para a partida contra o Atlético. Apesar de entendermos a importância do Paulista, o São Paulo é tricampeão da competição internacional e, além da pressão externa, existe também a interna até o jogo do dia 17, para ver se nosso time consegue retomar", afirmou.

Com apenas mais uma rodada para disputar nesta fase de grupos do torneio continental, o São Paulo aparece apenas na terceira posição no Grupo 3, com quatro pontos, mesmo número do lanterna Arsenal de Sarandí. A liderança tranquila pertence ao Atlético-MG, que tem 15 pontos, enquanto o Strongest tem seis.Na última rodada, o Tricolor precisa vencer o Galo no Morumbi e ainda torcer por um tropeço do time boliviano contra os argentinos. Ney Franco acredita que seu time se complicou na competição em função dos maus resultados contra o Arsenal.

"O primeiro jogo contra o Atlético foi equilibrado e o time deles não perde em casa. Embora tenha montado a equipe para vencer, não conseguimos. Mas, contra o Arsenal, no Pacaembu, não tivemos a competência para vencer. Depois, fizemos um jogo muito abaixo em Sarandí", lamentou.

O empate diante dos argentinos na capital paulista não foi bem digerido pelo treinador até hoje. "Na Bolívia, sabíamos do desgaste da altitude, mas imaginávamos ter 100% em casa. Conseguimos uma vitória (Strongest), um empate (Arsenal) e temos agora o Atlético. Os jogos contra o Arsenal estão nos colocando em situação desconfortável na Libertadores", concluiu.

Antes de voltar ao torneio continental, o São Paulo tem atenção ao Paulistão. Nesta quarta-feira, Ney Franco faz testes contra o União Barbarense, pensando na partida da competição continental.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.