Depois de vencer os italianos por 2 a 0, em casa, alemães repetiram o placar, desta vez na Itália

O Dia

Precisando de uma vitória por três gols de diferença para garantir a classificação para a semifinal da Liga dos Campeões, a Juventus recebeu o Bayern de Munique para tentar a tão sonhada vaga, mas acabou não tendo sucesso. Mesmo dominando grande parte da partida, os donos da casa foram surpreendidos com um gol repentino e foram eliminados ao perder por 2 a 0.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Mandzukic marca de cabeça e faz o primeiro do Bayern de Munique na vitória contra a Juventus
Alexander Hassenstein/Getty Images
Mandzukic marca de cabeça e faz o primeiro do Bayern de Munique na vitória contra a Juventus

Mesmo com a vantagem e jogando fora de casa, o Bayern não se escondeu da partida. Aos oito minutos, Ribéry avançou pela direita e cruzou rasteiro para Mandžukić, que acabou sendo travado na hora do chute.

Leia mais: Barcelona leva susto, mas empata com PSG e garante vaga na semifinal

Sem muitas ações de perigo, a partida voltou a ter uma boa chance apenas aos 22 minutos e, desta vez, com os donos da casa. Em cobrança de falta, Pirlo acertou uma bomba, forçando o goleiro Neuer a fazer uma grande defesa e mandar para escanteio. Precisando da vitória, a Juventus seguia no campo de ataque. Aos 27 minutos, Pogba arrancou pela direita e cruzou para o meio da área, mas viu a bola passar em frente ao gol sem ninguém completar.

Melhor na partida, a Juventus era responsável pela criação dos melhores lances do jogo e chegava a impor uma grande pressão sobre o Bayern, que só voltou a assustar aos 32 minutos, quando Müller acabou mandando para fora. Minutos depois, os visitantes acabaram perdendo um a peça importante. Lesionado, o zagueiro Van Buyten acabou deixando o campo e sendo substituido por Jérôme Boateng.

A melhor chance do Bayern na primeira etapa ocorreu nos minutos finais. Aos 40, Alaba acerta um chute perigoso da intermediária, mas Buffon acabou mandando para escanteio. Após a cobrança, o Bayern voltou a arriscar, mas viu a bola ir para longe do gol italiano.

Na segunda etapa, a Juventus seguiu com o objetivo claro de buscar o resultado positivo. Logo aos três minutos, Quagliarella se livrou da marcação e bateu rasteiro, vendo a bola passar rente à trave dos alemães. Mesmo com a insistência da Juve, o Bayern mostrou que o objetivo não era apenas a defesa. Aos 12 minutos, Robben acertou um belo chute, mas acabou mandando na trave de Buffon.

A pressão da Juventus não adiantou muita coisa e, aos 20 minutos, os alemães balançaram as redes. Após cobrança de falta de Schweinsteiger, Mandžukić aproveitou o rebote e só empurrou para o gol italiano. No lance seguinte, o embalado Bayern quase ampliou a vantagem com Müller, que acabou mandando por cima do gol.

Após o gol do Bayern, o clima acabou esquentando na partida. Nervosos, os jogadores da Juventus acabaram apertando a marcação e cometendo um maior número de faltas, fato que acabou resultando até em uma pequena confusão entre Neuer e Vucinic. Com a difícil missão de virar e emplacar uma goleada para se classificar, a Juventus não conseguiureagir e levou o segundo gol nos acréscimos da partida, quando Pizarro passou pela marcação e balançou as redes adversárias.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.