Além de Denilson, o técnico Ney Franco também não terá Rodrigo Caio, expulso ao longo da vitória de domingo sobre o Botafogo, em Ribeirão Preto

Denilson tem contrato válido até 30 de junho
Juan Karita/AP
Denilson tem contrato válido até 30 de junho

Denilson está fora da partida contra a União Barbarense. O volante foi liberado pela diretoria do São Paulo por dois dias, para resolver "assuntos particulares", e só volta a treinar na quarta-feira pela manhã, dia da partida, que será fora de casa. A informação é de que ele está no exterior.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Emprestado pelo Arsenal até 30 de junho, seu vínculo com o clube londrino vence no fim de dezembro, com opção de renovação automática se for da vontade dos ingleses. No início do ano, ele demonstrou interesse em permanecer no clube que o revelou, porém os dirigentes desconversam quando questionados sobre o assunto.

Além de Denilson, na quarta-feira o técnico Ney Franco também não terá Rodrigo Caio, expulso ao longo da vitória de domingo sobre o Botafogo, em Ribeirão Preto. Apesar de estar sendo improvisado na lateral direita, ele é volante de origem e poderia ser uma opção para substituir Denilson se não estivesse suspenso.

Leia mais: São Paulo oficializa contratação de novo gerente de marketing

Rogério Ceni e Luis Fabiano igualmente não treinaram nesta segunda-feira e são dúvidas – o goleiro ainda sente incômodo no pé direito, enquanto o atacante trata trauma na panturrilha esquerda. O meia Jadson não foi a campo, mas apenas por ter participado em tempo integral do amistoso da Seleção Brasileira contra à Bolívia, no sábado.

Atrasado e válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o duelo com a União Barbarense pode antecipadamente garantir ao São Paulo a primeira colocação da fase de classificação. Para isso, basta o time da capital vencer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.