Guerrero perdeu pênalti, mas conseguiu marcar mais. Jorge Henrique também fez o dele

Jogadores do Corinthians comemoram gol de Jorge Henrique sobre o São Bernardo no Pacaembu
Gazeta Press
Jogadores do Corinthians comemoram gol de Jorge Henrique sobre o São Bernardo no Pacaembu

Recheado de reservas pelos problemas físicos, o Corinthians teve novas contusões neste domingo. O time se rearranjou com a saída de Fábio Santos e se atrapalhou com a substituição de Guilherme Andrade, mas conseguiu sustentar a vantagem e matar o jogo: 2 a 0 sobre o São Bernardo no Pacaembu.

Deixe seu comentário para esta partida

O zagueiro Felipe, que já se complica em sua posição, disputou boa parte da etapa final como lateral esquerdo na partida que deixou o Timão com 32 pontos, em quinto lugar no Campeonato Paulista. O Alvinegro está matematicamente classificado à próxima fase, mas ainda busca um dos quatro primeiros postos, que valem o mando nas quartas de final.

Em um primeiro tempo no qual teve alguns sustos, o campeão mundial contou com ótima atuação de Romarinho, abriu o placar com Jorge Henrique e ainda perdeu um pênalti com Guerrero. O peruano teve o nome gritado pela torcida e retribuiu definindo a partida já nos minutos finais.

O jogo
Não começou o Timão com a seriedade esperada por Tite. Por isso, apesar de um bom chute de Romarinho, o melhor início foi do São Bernardo, que apostava em 4-2-3-1 semelhante ao do rival. E a linha formada por Ricardinho, Bady e Gil surpreendeu pela qualidade.

Na melhor chance do time do ABC no primeiro tempo, Bady achou um belo passe para Ricardinho, que cabeceou no poste. Pouco depois, Giovanni e o corintiano Gil atrapalharam o visitante Gil e tiveram de torcer por um erro de Ricardinho no rebote.

Após o mau começo, o Timão se acertou um pouco com a bola no pé, aproveitando a velocidade de seus armadores. Romarinho fazia grande partida e articulava bem pelo meio, com pouca ajuda de Giovanni. Jorge Henrique participava mais e arriscou de fora quando teve a chance. Com o desvio em Luciano Castán, aos 37 minutos, o Alvinegro abriu o placar.

Romarinho ainda fez mais uma grande jogada na etapa inicial, sofrendo pênalti de Dudu. Guerrero conversou com Chicão, convenceu o beque a deixá-lo bater e cobrou mal, vendo Wilson Júnior defender no canto direito. O peruano teve o nome gritado por boa parte da torcida após o erro.

O segundo tempo começou com sustos para o Corinthians. Logo aos três minutos, Fernando Baiano só não aproveitou falha de Gil por causa de Julio Cesar e do poste. Aos seis, Fábio Santos, que havia levado pancada no último lance da primeira etapa, teve de ser substituído.

Irritado com erros de Giovanni, Tite acionou Danilo. A boa parceria do experiente meia rendeu rapidamente duas oportunidades a Guerrero, que foi bem em ambas, mas parou em Wilson Júnior novamente. Na sequência, aos 23, os donos da casa gastaram sua última substituição com a lesão de Guilherme Andrade.

Felipe entrou na lateral esquerda, e foram óbvias as dificuldades pelo setor a partir dali, motivo pelo qual o São Bernardo cresceu. O Corinthians teve momentos de dificuldade antes de matar o jogo, aos 42, em ótima jogada de Danilo. Romarinho limpou a marcação e deixou Guerrero se redimir do pênalti perdido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.