No Pacaembu, Santos teve boas chances de gol, mas não saiu do 1 a 1 com o São Caetano

Neymar marcou de falta o gol de empate do Santos contra o São Caetano
WAGNER CARMO / Gazeta Press
Neymar marcou de falta o gol de empate do Santos contra o São Caetano

Autor do gol de empate do Santos diante do São Caetano , na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, o atacante Neymar foi o grande destaque de sua equipe. A Joia, que criou boas chances e, em algumas ocasiões, poderia ter dado a vitória ao Peixe, fez o seu primeiro gol de falta na temporada.

Deixe seu comentário para esta notícia

O camisa 11 santista, que um dia antes do duelo com o Azulão, treinou muitas faltas no CT Rei Pelé, se mostrou satisfeito pelo fato de ter balançado as redes com este tipo de lance, na saída do gramado. "Treino bastante, desde muito novo. Treino falta, pênalti, e a gente vai se aprimorando. Uma hora você acha o jeito certo de bater na bola. Hoje, graças a Deus, tive a felicidade de marcar um gol assim", disse.

Apesar do gol de falta, Neymar lamentou o fato de o time alvinegro não ter conseguido a virada sobre o São Caetano, apesar de ter desperdiçado grandes chances para fazer o segundo gol durante a partida. "Tentamos de todas as formas. Acho que se a gente jogasse o dia inteiro não ia sair o segundo gol", ponderou.

O atacante ainda elogiou a equipe praiana pelo futebol apresentado. Porem, Neymar crê que o Santos precisa evoluir para chegar mais forte na fase de mata-mata do Paulistão - o Peixe já está qualificado para a próxima etapa. "Acho que faltou um pouco mais de precisão, porque chances nós criamos. Agora é descansar, trocar o chip, porque semana que vem (na quarta, contra o Flamengo-PI) tem Copa do Brasil", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.