Botafogo nega devolução do Engenhão: "A palavra é recuperação"

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, disse que não medirá esforços para recuperar o estádio

Após a decisão de que o Botafogo não precisará pagar as contas relativas ao Engenhão enquanto o estádio estiver interditado, o clube se posicionou sobre outro fato: a suposta devolução da arena para a prefeitura. Em coletiva concedida na manhã desta sexta-feira, o presidente Mauricio Assumpção negou qualquer pensamento de devolver o estádio.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Renan Rodrigues
Maurício Assumpção coloca a construção de um CT para o time profissional e outro para a base da candidatura

"O entendimento foi de que a devolução não passa na cabeça do Botafogo. Não é a palavra de ordem. A palavra é recuperação. A primeira coisa que vamos brigar é pela recuperação do Estádio Olímpico. É inadmissível que com cinco anos, o estádio tenha problemas sérios como esse, além de outros que o Botafogo já tinha alertado. Faremos de tudo e não mediremos esforços para que o Estádio Olímpico seja recuperado. A Olimpíada será aqui. O consórcio tem obrigação de recuperar e dar a ele a vidaútil que merece", disse.

Leia mais: Pelé visita sede do Botafogo, ganha camisa e exalta a história do clube

Outra questão ainda em questão é sobre as demais negociações com a Prefeitura. Após o encontro da última quinta-feira, Mauricio já possui nova reunião agendada. O próximo encontro com Eduardo Paes será na próxima semana, e é possível que o clube alvinegro entre com uma ação judicial contra a prefeitura pelos danos sofridos pelo clube.

"Meu contrato não é com a construtora. É com a prefeitura. Minha relação é com eles. Na primeira reunião que tive com ele, o prefeito falou que se eu achasse que estava sendo lesado e quisesse entrar com a ação, para fazer sem constrangimento. Quando o prefeito toma essa postura, nos deixa mais tranquilos. Não tenho outro caminho a não ser o processo. Por isso nosso departamento jurídico está tomando precauções", concluiu.

Leia tudo sobre: botafogoengenhãomauricio assumpção

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas