Time colombiano é um dos três times que ainda não perderam nesta edição da Libertadores

Carlos Valdez, do Santa Fe e Alejandro Da Silva, do Cerro Porteño. Colombianos venceram por 1 a 0
John Vizcaino/Reuters
Carlos Valdez, do Santa Fe e Alejandro Da Silva, do Cerro Porteño. Colombianos venceram por 1 a 0

Com a chance de assumir a liderança do Grupo 6 da Libertadores da América, o Santa Fé recebeu o tradicional Cerro Porteño, que ainda buscava o primeiro ponto na competição. Diante de um adversário mais fraco, o time colombiano contou com o apoio de sua torcida e não teve dificuldades para garantir o triunfo, por 1 a 0, com gol do atacante Cuero.

Deixe seu comentário para esta partida

Embalado, o Santa Fé pressionou o adversário desde os minutos iniciais do jogo no Estádio El Campín, em Bogotá. Melhor na partida, o time colombiano não demorou a abrir o placar. Logo aos 23 minutos, Cuero aproveitou a boa jogada na ponta direita e completou o cruzamento para o fundo do gol, garantindo a vitória do time mandante.

Na primeira colocação do grupo, com oito pontos conquistados, o Santa Fé tem um ponto de vantagem em relação ao peruano Real Garcilaso e o colombiano Tolima, que assume a segunda posição por causa do saldo de gols. O Cerro Porteño, por sua vez, depois de quatro jogos, continua sem pontuar na competição.

Tolima desbanca líder no Peru - Diante do líder do Grupo 6 no início da rodada, o Tolima tinha uma tarefa complicada nesta terça-feira: vencer o peruano Real Garcilaso, fora de casa, para se manter vivo na Libertadores da América. Ciente da dificuldade do confronto, a equipe colombiana não se importou com a torcida adversária e venceu a equipe da casa por 3 a 0, com três gols do paraguaio Rogério Leichtweis.

Superior durante o tempo todo, o Tolima conseguiu fazer o primeiro gol apenas aos nove minutos do segundo tempo, quando Rogério abriu o placar. E o atacante mostrou que estava em uma noite inspirada quando ampliou o placar aos 20 e definiu o resultado aos 38, depois de completar o cruzamento para a área.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.