O goleiro do São Paulo treinou na manhã desta quarta-feira e viajou com a delegação mas ainda não está totalmente recuperado

Ao chegar a Santa Cruz de la Sierra, primeira parada antes de La Paz, Rogério Ceni dará continuidade ao tratamento iniciado depois do clássico contra o Corinthians, no qual machucou o pé direito. O goleiro do São Paulo treinou na manhã desta quarta-feira e viajou com a delegação mas ainda não está totalmente recuperado.

Ceni sentiu a lesão no clássico contra o Corinthians
Fernando Dantas/Gazeta Press
Ceni sentiu a lesão no clássico contra o Corinthians

"Estou melhorando. Vou tratar nas próximas 24 horas para poder ir para o jogo contra o Strongest", disse o camisa 1 do São Paulo , pouco antes de embarcar em voo para a Bolívia.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com ele, o time ensaiado pelo técnico Ney Franco foi: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Denilson, Maicon, Jadson e Ganso; Osvaldo e Aloísio. Por precaução, contudo, o treinador relacionou um reserva a mais para o gol. Além de Denis, o jovem Léo também seguiu com o grupo. Caso Ceni demonstre não ter condição na última avaliação antes do jogo, o substituto será o primeiro, que se mostra tranquilo para ocupar a posição.

Veja também: Antes de estrear na Libertadores, Carleto renova até o fim de 2015

"Existe essa pequena possibilidade de o Rogério não ir a campo. Ele vai fazer um teste, mas já voltou a chutar a bola. Se precisar, vou fazer meu melhor para ajudar o São Paulo a sair com a vitória", comentou Denis.

Leia mais: Aloísio herda vaga no ataque e tem nova chance na Libertadores

A vitória é o único resultado que interessa. Um empate também pode isolar o time na segunda colocação se o líder Atlético-MG derrotar o Arsenal nesta quarta-feira, porém somar três pontos em La Paz significaria eliminar o The Strongest e se aproximar da vaga às oitavas de final.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.