Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Times da Libertadores (exceto São Paulo) entram nas oitavas e aumentam a competitividade do torneio que, neste ano, vai até o final da temporada

Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, tenta finalização na final da primeira Copa do Brasil, diante do Sport, em 1989. Foto: Gazeta PressO Flamengo faturou a segunda edição da Copa do Brasil, em 1990, em um time com craques como Júnior, Renato Gaúcho e Zinho. Foto: ReproduçãoEntão um treinador desconhecido, o técnico Luiz Felipe Scolari despontou no futebol brasileiro ao levar o Criciúma ao título, em 1991. Foto: Gazeta PressO internacional venceu sua única Copa do Brasil em 1992, derrotando o Fluminense na final. Foto: Gazeta PressCom Éder Aleixo, antigo ídolo do rival Atlético-MG, o Cruzeiro conquistou o título da Copa do Brasil de 1993. Foto: ReproduçãoEm 1994, Felipão comandava o Grêmio e levou o clube a conquistar a Copa do Brasil, superando o surpreendente Ceará na final. Foto: Gazeta PressDe forma invicta e derrotando o experiente time do Grêmio em pleno Estádio Olímpico, o Corinthians foi campeão em 1995. Foto: Gazeta PressO lateral Júnior, do Palmeiras, tenta superar a marcação de Cleisson e Vitor, do Cruzeiro, na final de 1996. Os mineiros levaram o título. Foto: Gazeta PressEm 97, o Grêmio faturou sua terceira Copa do Brasil, de forma invicta, superando o Flamengo na decisão. Foto: ReproduçãoLuiz Felipe Scolari ganhou mais uma Copa do Brasil em 1998, desta vez comandando o Palmeiras, que bateu o Cruzeiro na final. Foto: Gazeta PressUma das grandes zebras da história da Copa do Brasil ocorreu em 1999, quando o Juventude superou o Botafogo em pleno Maracanã e levou o título. Foto: ReproduçãoCom um gol no último minuto, o Cruzeiro venceu o São Paulo por 2 a 1 no Mineirão e conquistou a Copa do Brasil de 2000. Foto: ReproduçãoLuiz Mário, do Grêmio, disputa a bola com Gil, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de 2001. Em pleno Morumbi, o time gaúcho venceu por 3 a 1 e foi campeão. Foto: Gazeta PressEm 2002, o Corinthians conquistou sua segunda Copa do Brasil, em 2002, superando a zebra Brasiliense na decisão. Foto: Gazeta PressCom um timaço, comandado em campo pelo meia Alex, o Cruzeiro faturou a Copa do Brasil de 2003, batendo o Flamengo na final. Foto: ReproduçãoRomerito, do Santo André, comemora seu gol na 1ª partida da final de 2004, contra o Flamengo, que terminou 2 a 2. No jogo de volta, os paulistas venceram por 2 a 0. Foto: Gazeta PressOutra grande zebra da história da Copa do Brasil foi a vitória do Paulista sobre o Fluminense, na final de 2005. Foto: Gazeta PressEm uma final carioca, diante do Vasco, o Flamengo, de Renato Abreu, Leonardo Moura e Diogo, venceu a Copa do Brasil de 2006. Foto: ReproduçãoO Fluminense finalmente comemorou seu primeiro título na competição, em 2007, ao vencer o Figueirense na decisão. Foto: Gazeta PressCom um aproveitamento perfeito em casa, o Sport superou o Corinthians em 2008 e levou o título. Foto: Gazeta PressRonaldo foi o grande nome da conquista do Corinthians na Copa do Brasil de 2009, diante do Inter. Foto: Gazeta PressRobinho comandou a conquista do Santos na Copa do Brasil de 2010, diante do Vitória. Foto: Gazeta PressEder Luís, do Vasco, corre para comemorar seu gol, no jogo de volta da final diante do Coritiba, em 2011. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Vasco foi campeão. Foto: Gazeta PressMarcos Assunção corre para festejar seu gol no empate do Palmeiras diante do Coritiba e que valeu o título da Copa do Brasil de 2012. Foto: Gazeta Press

Começa nesta quarta-feira a 25ª edição da Copa do Brasil, que desde 2003, com a introdução dos pontos corridos no Brasileirão, é o maior torneio mata-mata do país. Neste ano a novidade será a presença das equipes que disputam a Libertadores deste ano a partir das oitavas de final do torneio, em agosto. Diferente das últimas edições, a competição se estenderá até novembro, e não mais até julho.

Gazeta Press
O Palmeiras é o atual campeão da Copa do Brasil

Deixe sua opinião sobre a Copa do Brasil. Quem é o favorito ao título desse ano?

Apenas o São Paulo, que precisará defender o título da Sul-Americana no segundo semestre, não jogará o torneio por falta de datas. O Vasco, o melhor colocado do Brasileirão 2012 entre os times que não alcançaram a Libertadores, ocupará a vaga do São Paulo e entrará no torneio com Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Grêmio e Palmeiras (atual campeão), que estão na Libertadores. Desde 2001 os times que jogam o torneio continental não entram na Copa do Brasil. São 86 equipes no total, já incluídas as que entram nas oitavas de final. 

A presença de todos os principais elencos do país no torneio diminui as chances de uma surpresa nas fases finais. Desde os títulos de Santo André e Paulista nas edições de 2004 e 2005, equipes de divisões inferiores do Brasileirão não conquistam a Copa do Brasil na mesma temporada em que estão fora da elite. Flamengo, Fluminense, Sport, Corinthians, Santos, Vasco e Palmeiras foram os campeões desde 2006.

A primeira e a segunda fases continuam com a regra que estabelece que o time visitante que vencer por dois ou mais gols de diferença elimina a partida de volta. A primeira fase eliminará 40 times, a segunda outros 20 e a terceira mais 10. Estes 10 vão para sorteio com os seis times já classificados para as oitavas de final e estará desenhada as oitavas de final com 16 times. A grande final da competição está marcada para os dias 20 e 27 de novembro. 

As equipes que mais venceram a competição foram o Grêmio e o Cruzeiro. Cada uma conquistou quatro vezes o título. Já o Estado que mais venceu a competição foi São Paulo, com oito conquistas: Corinthians (3), Palmeiras (2), Santos (1), Paulista e Santo André (1).

Os 13 jogos que abrem a primeira fase da Copa do Brasil 2013 nesta quarta-feira:

Remo x Flamengo (22h, em Belém)
Ceilândia x Ceará (16h, em Ceilândia)
Rio Branco x Internacional (22h, em Rio Branco)
Guarani de Juazeiro x Santa Cruz (20h30, em Juazeiro)
Veranópolis x Santo André (20h30, em Veranópolis)
Vitória da Conquista x Sport  (22h, em Vitória da Conquista)
Noroeste x Criciúma (20h30, em Bauru)
Nacional x Águia de Marabá (21h30, em Manaus)
Resende x Caxias (16h, em Resende)
Cianorte x Grêmio Barueri (20h30, em Cianorte)
Brasil x Atlético-PR (19h30, em Pelotas)
Naviraiense x Portuguesa (22h, em Naviraí)
Bangu x Betim (16h, em Moça Bonita)

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas