Presidente do Náutico descarta demissão de Vágner Mancini

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Paulo Wanderley disse que as especulações sobre a saída do técnico são "burburinhos"

O presidente do Náutico, Paulo Wanderley, disse que em nenhum momento cogitou a demissão de Vágner Mancini após a derrota no clássico para o Santa Cruz, no último domingo, em pleno estádio dos Aflitos. O treinador e a diretoria alvirrubra tiveram uma reunião na noite da última segunda-feira.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

“Esse papo que ouvi sobre a saída do Vágner Mancini foram apenas burburinhos. Entendemos a insatisfação da torcida porque eles são movidos pela emoção. Porém, quando a adrenalina baixa, eles devem tomar consciência que estamos fazendo o melhor para o clube”, disse Wanderley, em entrevista à Rádio JC CBN.

Eleito no final de 2011, Wanderley tem mandato até o final de 2013. O presidente exaltou o trabalho feito em 2012, quando o Náutico conseguiu se manter na Série A do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: náuticovagner mancini

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas