Messi e Xavi deram vantagem ao time espanhol, mas Ibrahimovic e Matuidi garantiram o 2 a 2 em Paris. Na volta, o Barcelona pode empatar em 0 a 0 e 1 a 1 para ir à semifinal

O Paris Saint-Germain suou, mas conseguiu um empate emocionante com o Barcelona . Nesta terça-feira, a equipe garantiu o empate por 2 a 2 com os espanhóis em casa no último lance do jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

Deixe seu comentário para esta partida. O resultado ficou de bom tamanho para o PSG?

Messi abriu o placar contando com uma assistência genial de Daniel Alves na etapa inicial, mas saiu lesionado no intervalo. Ibrahimovic igualou já no segundo tempo e Xavi, de pênalti, voltou a deixar o Barça em vantagem. Matuidi, já nos acréscimos, deu números finais ao jogo.

Daniel Alves acertou grande lançamento de trivela da intermediária aos 37 minutos, encontrando Messi pela esquerda da área. O argentino não perdoou, bateu cruzado de primeira e abriu o placar.

Os brasileiros em campo voltaram a decidir e apareceram aos 35 minutos da etapa final. Maxwell acertou falta na cabeça de Thiago Silva, que mandou a bola na trave. No rebote, Ibrahimovic apareceu em posição duvidosa para empatar o jogo.

Oito minutos depois, Alexis Sánchez sofreu pênalti de Sirigu. Xavi não perdoou e voltou a deixar o Barcelona em vantagem. No entanto, Matuidi, já nos acréscimos, recebeu de Ibrahimovic na entrada da área e bateu. O chute pegou um desvio no meio do caminho e matou Valdés no lance, garantindo o empate por 2 a 2.

O jogo
O PSG não conseguiu ameaçar o tradicional estilo de jogo do Barcelona e foi envolvido de cara pelas trocas de passes dos catalães, realizando seu primeiro passe em casa apenas com dois minutos de jogo.

Mesmo sem conseguir evitar a filosofia barcelonista, os franceses assustaram e levaram perigo no começo do jogo. A equipe chegou a acertar a trave aos cinco minutos, quando Lavezzi fez boa jogada individual para invadir a área pela direita e superar Valdés com um toque, mandando a bola na trave direita do goleiro.

Ibrahimovic marca Piqué no jogo de ida das quartas da Liga
Christophe Ena/AP
Ibrahimovic marca Piqué no jogo de ida das quartas da Liga

O jogo era aberto e os setores ofensivos de cada equipe encontravam espaços para criar oportunidades. No entanto, o chute de fora da área era uma arma utilizada pelos dois lados: Pastore, pelo PSG, e Iniesta, duas vezes pelos visitantes, pararam em boas defesas de Váldes e Sirigu. Ibrahimovic também soltou uma bomba rasteira em cobrança de falta aos 19 minutos, mas não superou o goleiro espanhol.

Lucas ameaçava com suas arrancadas e criou boa oportunidade aos 23 minutos, quando puxou contra-ataque e deixou a bola com Ibrahimovic. O sueco invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado pela linha de fundo. A partir desse momento, entretanto, o Barça passou a crescer no jogo e o time mandante ficou acuado no campo defensivo, sem conseguir criar as mesmas oportunidades de antes.

Pressionando, os culés logo aproveitaram a situação do jogo para abrir o placar. Aos 37 minutos, após cobrança de escanteio rebatida pela zaga francesa, Daniel Alves recebeu na intermediária e acertou belíssimo lançamento de trivela para Messi. O camisa 10 pegou de primeira pela esquerda da área, abrindo o placar com um chute cruzado.

A dupla entre o brasileiro e o argentino voltou a funcionar aos 40 minutos, quando o lateral da Seleção Brasileira encontrou o melhor do mundo na entrada da área. Messi bateu colocado, fazendo a bola passar muito perto do ângulo direito de Sirigu. O camisa 10, no entanto, sentiu a coxa direita no final do primeiro tempo e não retornou à etapa final.

Com Fábregas no lugar de seu principal craque, o Barcelona tentou controlar a partida no segundo tempo. Com o jogo mais fechado, a equipe viu Alexis Sánchez perder grande oportunidade ao encontrar dificuldades para dominar sozinho um cruzamento de Daniel Alves aos 18 minutos.

Os espanhóis ainda tiveram boas chances em cobranças de falta de Daniel Alves e Xavi aos 25 e 29 minutos, mas, depois disso, viu o PSG melhorar no jogo. A equipe teve uma grande oportunidade com Ibrahimovic, que pegou de primeira na área e parou em defesaça de Valdés aos 34 minutos.

Logo no minuto seguinte, Maxwell cobrou falta na cabeça de Thiago Silva, que acertou o travessão. Em posição duvidosa, Ibra apareceu na área para desviar a bola ao gol. O empate, entretanto, durou apenas oito minutos. Aos 43 minutos, Xavi converteu um pênalti marcado por Sirigu em Alexis Sánchez para voltar a deixar o Barça em vantagem.

O jogo, porém, ainda tinha emoções reservadas. Já nos acréscimos, Ibrahimovic ajeitou para Matuidi bater da entrada da área. A bola desviou em Daniel Alves e matou Valdés no lance, balançando as redes e deixando o placar em 2 a 2.

FICHA TÉCNICA - PARIS SAINT-GERMAIN 2 x 2 BARCELONA

Local: Estádio Parc des Princes, em Paris (França)
Data: 2 de abril de 2013, terça-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Wolfgang Stark (Alemanha)
Assistentes: Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel (ambos da Alemanha)
Árbitros adicionais: Felix Zwayer e Guido Winkmann (ambos da Alemanha)
Cartões amarelos: Beckham, Ibrahimovic e Sirigu (Paris Saint-Germain); Piqué, Jordi Alba, Mascherano e Daniel Alves (Barcelona)
Gols: PARIS SAINT-GERMAIN: Ibrahimovic, aos 35 minutos do segundo tempo, e Matuidi, aos 48 minutos do segundo tempo
BARCELONA: Messi, aos 37 minutos do primeiro tempo, e Xavi, aos 43 minutos do segundo tempo

PARIS SAINT-GERMAIN: Sirigu; Jallet, Alex, Thiago Silva e Maxwell; Matuidi, Beckham (Verratti) e Pastore (Gameiro); Lucas, Ibrahimovic e Lavezzi (Ménez)  Técnico : Carlo Ancelotti

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves, Piqué, Mascherano (Bartra) e Jordi Alba; Busquets, Xavi e Iniesta; Alexis Sánchez, Messi (Fábregas) e David Villa (Tello)  Técnico: Tito Vilanova

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.