Segundo ele, o timr vai entrar em campo preparado para uma guerra diante do Arsenal e sabendo que na Libertadores não existe facilidade

O técnico Cuca não poderá contar com o volante Josué, no jogo de quarta-feira, contra o Arsenal-ARG, pela Libertadores. O jogador ainda não foi inscrito na competição. Com isso, Pierre, que cumpriu suspensão no Mineiro, retorna ao time ao lado de Leandro Donizete e prevê dificuldades para o Galo contra os argentinos.

O volante Pierre, do Atlético-MG
Divulgação/Atlético-MG
O volante Pierre, do Atlético-MG

"Contra o São Paulo eles mostraram como jogam fora de casa: fechados com duas linhas de quatro e explorando a velocidade. Mas esperamos manter a sequência de vitórias com confiança para terminar essa fase com o maior número de pontos", projetou Pierre.

Para superar a possível retranca argentina, Pierre receita tranquilidade e paciência para o Atlético-MG. Segundo ele, o Galo vai entrar em campo preparado para uma guerra e sabendo que na Libertadores não existe facilidade.

"Ter tranquilidade, paciência. Sabemos jogar este tipo de jogo, principalmente em casa, onde fazemos bons jogos. Se preparar para uma guerra mesmo para continuar nesse bom ambiente, continuar nessa mesma gana e vontade. Sabemos que na Libertadores não tem adversário fácil e os jogos são difíceis. Não podemos facilitar em momento algum e temos que manter os pés no chão", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.