Jogadores expulsos na vitória do Santos diante do Mirassol, no último dia 21, na Vila Belmiro, receberam apenas uma partida de punição

Patito está à disposição do Santos para encarar o São Caetano
AP
Patito está à disposição do Santos para encarar o São Caetano

Os meias Felipe Anderson e Patito Rodriguez foram julgados no início da noite desta segunda-feira, pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) de São Paulo. Os dois jogadores, expulsos na vitória do Santos diante do Mirassol, no último dia 21, na Vila Belmiro, receberam apenas uma partida de punição. Como cumpriu a suspensão automática no empate com o Palmeiras, no dia 24, no Pacaembu, a dupla está liberada e pode jogar normalmente.

O primeiro foi expulso, recebendo o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho, após retardar o reinício de jogo, segundo relato do árbitro na súmula do confronto. Com isso, Felipe Anderson foi enquadrado no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva): “Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”. No entanto, o TJD-SP não encontrou razões para uma punição maior.

Enquanto isso, Patito foi enquadrado no artigo 254 (praticar jogada violenta), depois de acertar o adversário com um carrinho, na lateral do campo. Mesmo assim, o argentino recebeu a pena mínima.

Os dois, expulsos no final do duelo com o Leão da Alta Araraquarense, estão à disposição do técnico Muricy Ramalho para o próximo desafio do time praiano no Campeonato Paulista. Os alvinegros enfrentam o São Caetano, quinta, às 19h30 (horário de Brasília), no Pacaembu.

Multa por atraso no clássico – O Santos também foi julgado pelo atraso de dois minutos para entrar em campo, na partida contra o Verdão. Indiciado no artigo 206, o clube recebeu pena máxima e foi multado em R$ 2 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.