Em casa, Vila arranca empate do Anápolis, mas teme degola no Goiano

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com este resultado, a equipe colorada foi aos 17 pontos, e, na sexta colocação, viu o Crac, que abre a área da degola, vencer nesta rodada e se aproximar

Segundo maior campeão estadual de Goiás, o Vila Nova terá que lutar contra o rebaixamento nas três últimas rodadas do Campeonato Goiano desta temporada. Isto porque o time, goleado pela Aparecidense por 5 a 0 na última quarta, voltou a tropeçar: agora, empate com o Anápolis, por 2 a 2, no OBA.

Com este resultado, a equipe colorada foi aos 17 pontos, e, na sexta colocação, viu o Crac, que abre a área da degola, vencer nesta rodada e se aproximar. A diferença entre o Vila e o Crac é de apenas três tentos, que podem ser diminuídos com os confrontos diretos na reta final da competição.

O perigo de queda no Goiano vem através dos três próximos adversários do Vila Nova: Goianésia, vice-líder da competição, fora de casa, e Crac e Rio Verde, que também correm risco de jogar na segunda divisão estadual de 2014 e devem vir motivados para medir forças com a tradição da equipe da capital.

A princípio, a baixa torcida que compareceu ao Onésio Brasileiro Alvarenga na tarde deste domingo achou que o Vila Nova iria se reabilitar. Elcimar, logo aos três minutos do primeiro tempo, abriu o placar para os mandantes. Mas Danilo, oito minutos depois, deixou tudo igual para o intervalo.

Na etapa complementar, a apreensão colorada veio com o balanço de rede de Washington, logo aos dois minutos, virando para o Anápolis. E, quando a derrota já parecia certa, Diego Barbosa, aos 44, voltou a igualar o marcador e garantir pelo menos um ponto ao Tigre jogando em seus domínios.

Leia tudo sobre: Campeonato GoianoVila Nova

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas