O atacante do Atlético-MG acredita que manter uma sequência de jogos é fundamental para atingir este objetivo

Tardelli vive boa fase no Atlético-MG
AP
Tardelli vive boa fase no Atlético-MG

O atacante Diego Tardelli ainda não participou do rodízio de jogadores promovido pelo técnico Cuca no Campeonato Mineiro, e afirma que não pensa em ser poupado. O atleta quer retornar à seleção brasileira e acredita que manter uma sequência de jogos é fundamental para atingir este objetivo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Quero jogar, não quero ficar fora porque tenho meus objetivos, tenho que aparecer, quero estar na seleção e quero brigar para estar lá. E quanto mais jogar, para mim, será melhor. Por isso, não pedi para descansar. Para mim, é importante ter essa sequência, porque estava em um futebol diferente, já são nove jogos, e quero continuar", declarou.

Tardelli sabe que o retorno à seleção brasileira depende de boas atuações, e o jogador quer mostrar serviço para o técnico Felipão. "Sempre tenho esperança, luto para isso e trabalho para chegar novamente. Sei que isso depende muito de mim e tenho feito por onde. Vou sempre ficar na expectativa de estar em uma próxima convocação", disse.

Leia mais: Atlético-MG tem o melhor aproveitamento entre os clubes da Série A em 2013

Apesar de projetar a convocação para os próximos amistosos do Brasil, Tardelli garante que está tranquilo para administrar a situação se não for lembrado. "Estou tranquilo. Se vier a convocação, vou estar feliz, porque é um objetivo que quero. Mesmo assim, torço para meus companheiros estarem, como já teve o Bernard, torço pela volta do Ronaldo, que vive um grande momento, do Réver, mas vamos deixar as coisas acontecerem naturalmente", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.