Henrique treina no campo e corre contra o tempo para enfrentar Tigre

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O zagueiro do Palmeiras sentiu lesão na coxa direita há uma semana e se esforça para ter condições de enfrentar o Tigre

Gazeta Press
O zagueiro Henrique espera reforçar o Palmeiras

Em meio ao treino de jogadores mais cabisbaixos do que de costume após a goleada sofrida diante do Mirassol, uma boa notícia foi a volta de Henrique aos campos. O zagueiro sentiu lesão na coxa direita há uma semana e se esforça para ter condições de enfrentar o Tigre, na terça-feira, em compromisso decisivo pela Libertadores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O defensor, contudo, terá que correr contra o tempo. Nesta quinta-feira, ele só pôde realizar atividades físicas separado do grupo, até observando os colegas que não foram titulares em Mirassol fazendo treino técnico no campo ao lado - o resto do elenco realizou trabalhos na sala de musculação.

Henrique se tornou peça ainda mais fundamental no time após a desastrosa estreia de Marcos Vinicius como profissional, já que o zagueiro de 20 anos fez gol contra aos 40 segundos de jogo e ainda falhou no segundo dos seis gols do Mirassol. E ele só foi escalado porque Mauricio Ramos teve indisposição estomacal pouco antes do jogo.

Leia mais: Após vexame, Nobre se reúne com diretoria e mantém Kleina no cargo

Se Henrique não puder encarar os argentinos, as únicas opções de Kleina no setor serão Mauricio Ramos, que já treinou normalmente nesta quinta-feira e se mostrou recuperado de seu problema de saúde, Marcos Vinicius e Luiz Gustavo, também da base palmeirense. Leandro Amaro, que seria uma alternativa, machucou o joelho esquerdo e está fora, além de Vilson, que cumprirá suspensão.

Na terça-feira, outra provável novidade do Verdão será Souza. Vetado desde o dia 4 por entorse no joelho esquerdo, o volante já treina normalmente com o elenco e só não vai enfrentar o Linense neste sábado porque a comissão técnica prefere guardá-lo para o duelo contra o Tigre.

Veja também: Palmeiras é alvo de piadas após sofrer seis gols em derrota

Os trabalhos dos dois lesionados foi acompanhado à distância por Gilson Kleina, que apareceu no campo de calça jeans e roupa social logo após se reunir com a diretoria e definir sua permanência. Parado no gramado ao lado do gerente de futebol Omar Feitosa, o técnico assistiu ao treino comandado pelos seus auxiliares.

Entre os machucados do Palmeiras, além da recuperação próxima de Souza e Henrique, Vilson já está liberado depois de desfalcar por edema na coxa direita. Mas Maikon Leite, Valdivia e Leandro Amaro seguem vetados pelo departamento médico.

Leia tudo sobre: henriquepalmeirascopa libertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas