Recuperado de lesão no joelho direito, lateral-esquerdo retorna ao time com médias superiores às que vinha apresentando no Paulistão

Cortez agora enfrenta séria concorrência de Carleto por uma vaga na lateral esquerda
Gazeta Press
Cortez agora enfrenta séria concorrência de Carleto por uma vaga na lateral esquerda

Titular do São Paulo na vitória por 2 a 0 sobre o Paulista, em Jundiaí, Bruno Cortez voltou ao time mais participativo que de costume. Agora enfrentando a concorrência de Carleto na lateral-esquerda, o jogador apresentou melhores números do que vinha fazendo em jogos do Paulistão.

LEIA MAIS: Liderado por Luis Fabiano, mistão do São Paulo bate o Paulista e garante vaga

Cortez também driblou mais que de costume. Com três fintas corretas, ficou bem acima de sua média, que antes era inferior a uma por jogo. O lateral-esquerdo acertou ainda 51 passes, sua segunda melhor marca no Paulista. Ele só não acertou lançamentos, mas pelo menos foram três tentativas. Foram ainda dez perdas de bola.

Contra o Paulista, Cortez acertou seu primeiro cruzamento em sete partidas pelo Estadual. Errou outras duas tentativas, mas o índice já é melhor que todas suas atuações anteriores. O mesmo vale para desarmes. Segundo a Footstats, o camisa 6 roubou cinco vezes a bola de seus adversários, seu recorde pessoal no torneio.

ESTATÍSTICAS DE BRUNO CORTEZ NO PAULISTÃO
Contra o Paulista Média no torneio
Cruzamentos certos 1 0,14 
Passes certos 51 42,7 
Dribles certos 3
Lançamentos certos 0,29 
Desarmes 5 2,14 
Perdas de bola 10 6,14 
Assistências 0 0


Algumas das estatísticas superam os números de Carleto, que atuou no setor enquanto o titular se recuperava de lesão no joelho direito. Em suas duas últimas partidas, o camisa 16 teve média de 2,5 cruzamentos certos, três desarmes, 2,5 dribles, dois lançamentos, 44 passes e três bolas perdidas.

O técnico Ney Franco afirmou que irá colocar o que tem de melhor em campo no clássico de domingo contra o Corinthians, mas não especificou quem será o dono da lateral esquerda. O treinador disse apenas que gostaria de testar Cortez para ver suas condições de atuar na quinta-feira contra o The Strongest, em partida decisiva pela Copa Libertadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.