Time cruzmaltino ficou no 0 a 0 e segue muito distante das primeiras posições do grupo A

O Dia

Tentando se reerguer na Taça Rio, o Vasco foi até o estádio de Moça Bonita para enfrentar o Olaria e tentar começar uma nova caminhada na competição. Entretanto, sem brilho e sem muita ação, o time de São Januário acabou ficando apenas no empate sem gols e se complicou ainda mais na segunda fase do Carioca.

Veja: Clássico entre Vasco e Botafogo é adiado para a próxima quarta, em Volta Redonda

Não era apenas uma simples partida, o confronto com o Olaria marcou a estreia de Paulo Autuori no comando da equipe da Colina. Com a esperança de ver o time conquistandos resultados positivos de maneira constante, o treinador não tinha boas imagens do início do jogo.

Paulo Autuori viu o Vasco empatar na sua estreia
André Luiz Mello / Agência O Dia
Paulo Autuori viu o Vasco empatar na sua estreia

Sem grandes emoções, as equipes não conseguiram criar muito perigo durante a primeira etapa, entretanto, os donos da casa tentavam, de todo modo, burlar o sistema defensivo vascaíno e chegar ao gol de Alessandro. Os melhores momentos da primeira etapa ocorreram aos 30 minutos. Pelo lado vascaíno, uma bela jogada de Sandro Silva, que aplicou um chapéu no adversário, mas sem conseguir concluir com perigo.

O Vasco tem chances de ser campeão carioca? Comente e opine

Entretanto, os donos da casa não desistiam. Aos 33, Erick Santos deixou Renato Silva para trás e arriscou um belo chute de fora da área, obrigando Alessandro a defender no canto. Sem grandes lances, o outro bom momento ocorreu aos 45 minutos. Zé do Gol recebeu belo passe na entrada da área, mas acabou demorando para concluir a jogada, dando tempo para que o lateral Nei o atrapalhasse e fizesse a bola passar por cima do travessão.

Buscando uma postura mais ofensiva no segundo tempo, o Vasco chegou com perigo logo aos quatro minutos. Após bela jogada entre Tenorio e Carlos Alberto, o camisa 10 dá passe açucarado para Eder Luis que, dentro da pequena área, acerta o travessão. No lance seguinte, foi a vez do Olaria, que após cobrança de falta, quase aproveita o rebote para abrir o placar.

Novamente com perigo, o Olaria teve uma ótima chance de abrir o placar aos 12 minutos do segundo tempo. Após vacilo de Dedé, Erick Santos entra da área, e com dois companheiros livres, acaba tendo o passe interceptado por Renato Silva, na sobra, Assis arrisca mas a bola acaba indo para fora.

Aos 21 minutos, uma ótima chance para o Vasco. Em falta marcada muito perto da entrada da área, Fellipe Bastos arriscou uma bomba, mas o chute acabou sendo interceptado pela barreira. Sem conseguir criar e chegar com perigo ao ataque, os jogadores do Vasco voltaram a escutar as críticas da torcida, que gritava durante toda a partida.

Nos últimos minutos, o Vasco ainda tentava, de todo modo, conseguir chegar ao gol adversário, mas nada funcionava. O empate sem gols fez com que a equipe de São Januário conquistasse apenas um ponto e ficasse cada vez mais distante da ponta do grupo e, consequentemente, da classificação.

FICHA TÉCNICA
OLARIA 0 X 0 VASCO

Local : Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data : 27 de março de 2013 (Quarta-feira)
Horário : 16h(de Brasília)
Árbitro : Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes : Wagner Santos (RJ) e Jackson dos Santos (RJ)

Cartões amarelos : Rafael, Assis, Victor, Leandrão e Erick (Olaria); Nei, Dedé, Carlos Alberto, Dakson e Fellipe Bastos (Vasco)

OLARIA : Moreno, Lucas, Erick Daltro (Ivan), Cleberson, Rafael; Assis, Mehmet Aurélio e Zé Carlos (Waldir); Erick (Lenine), Leandrão e Victor
Técnico : Luiz Antônio

VASCO : Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri (Elsinho); Sandro Silva, Wendel (Pedro Ken), Fellipe Bastos (Dakson) e Carlos Alberto; Eder Luis e Romário
Técnico : Paulo Autuori

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.