Carlos Miguel Aidar atuou a favor do São Paulo em ação que beneficiou todas os clubes e cuja sentença foi proferida nesta quarta-feira

Uma decisão da 13ª Vara Federal do Rio de Janeiro, proferida nesta quarta-feira, autoriza os clubes brasileiros a utilizar a expressão "sócio torcedor". A ação foi movida pelo São Paulo, defendido na causa pelo advogado Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do clube, contra a Recanto Consultoria e Informática e o Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

“É uma grande vitória, com repercussão nacional. Os clubes do Brasil que têm o programa não estão mais proibidos de utilizar a expressão, e todos ganham imediatamente com a decisão”, disse Aidar.

De acordo com o escritório Aidar SBZ, a utilização do termo havia sido liberada no fim do ano passado, mas a Justiça determinou que a exclusividade só seria quebrada quando não houvesse mais possibilidade de recursos.

*ao contrário do que foi publicado originalmente, Carlos Miguel Aidar atuou em favor do São Paulo na ação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.