Sem poupar elogios, presidente do Barcelona diz que Neymar "é diferente"

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Sandro Rosell entende que atacante do Santos tem capacidade de encantar fãs do clube e nega ter acordo firmado com o atleta

Destaque do futebol brasileiro desde 2010, quando se fixou entre os titulares do Santos, o atacante Neymar desperta o interesse de grandes clubes do futebol mundial. Concentrado com a seleção brasileira para amistoso desta segunda-feira contra a Rússia, o camisa 11 foi elogiado pelo presidente do Barcelona, Sandro Rosell, que ainda negou ter um acordo firmado com ele.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Neymar é jogador do Santos até 2014", disse. "Como torcedor, que fique claro, considero que ele é um jogador diferente. Um daqueles atletas que um dia acaba no Barcelona e encanta nossos fãs, assim como Romário, Ronaldinho, Maradona e Messi. São futebolistas diferentes e nossos torcedores gostam disso. Em outros clubes, talvez, não seria tão admirado, mas ele tem um estilo que satisfaz nossa torcida", disse em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo.

Neymar usa visual platinado no Paulistão 2013. Foto: Gazeta PressNeymar, ao lado de José Maria Marin, presidente da CBF, distribuíram as medalhas aos campeões do Santos na Copinha. Foto: Gazeta PressEm janeiro, Neymar foi ao prêmio da Fifa, mas perdeu a final de melhor gol de 2011. Foto: Reprodução YouTube/FifaNeymar em ação no jogo Santos x Figueirense no Brasileirão. Foto: Luiz Fernando Menezes /Ag. O DiaNeymar celebra chegada de 2013 com amigos. Foto: Reprodução/InstagramNeymar comemora a chegada do ano novo. Foto: Reprodução/InstagramNeymar marcou gol no amistoso contra a Colômbia. Foto: Mowa PressAtacante também perdeu um pênalti diante dos colombianos. Foto: AFPNeymar em ação pelo Santos no Campeonato Brasileiro. Atacante tem cobrado mais vontade de companheiros. Foto: Rafael Neddermeyer/Agência O DiaNeymar brilha no Campeonato Brasileiro e é o jogador preferido do torcedor do país. Foto: Futura PressNeymar marcou dois gols para o Brasil no amistoso contra o Japão. Foto: Mowa PressUm deles foi em cobrança de pênalti para o Brasil. Foto: ReutersNeymar vibra com mais um título pelo Santos: a Recopa Sul-Americana 2012. Foto: Gazeta PressNeymar: atacante desfalcou o Santos em mais de um terço da temporada. Foto: DivulgaçãoNeymar voltou ao time do Santos contra o Flamengo após servir a seleção brasileira. Foto: Futura PressNeymar comemora gol do Santos. Foto: AFPAtacante comemora gol no Brasileirão. Foto: Gazeta PressNeymar chega ao CT do São Paulo, em Cotia, pra treinar com a seleção. Foto: Rafael Ribeiro/ CBF - divulgaçãoNeymar comemora gol do Santos no clássico contra o Palmeiras. Foto: Futura PressJogador fica caído após perder pênalti na Recopa. Foto: ReutersImagem de Neymar em jogo de vídeo-game. Foto: ReproduçãoNeymar em ação. Foto: Gazeta PressNeymar comemora gol pela seleção brasileira. Foto: APAmistoso Brasil x Suécia em Estocolmo. Foto: Mowa PressAtacante brinca de ser goleiro em treino da seleção brasileira. Foto: Mowa PressNeymar treina com a seleção. Foto: Mowa Press

Vinculado ao Santos até junho de 2014, Neymar já afirmou em diversas oportunidades que permanecerá atuando em território brasileiro até a próxima Copa do Mundo. Além disso, uma possível renovação contratual por dois anos não é descartada pelo atleta e seus representantes. Contundo, diários catalães, como o próprio Mundo Deportivo e também o Sport, já afirmaram que o jogador tem um acordo com o Barcelona.

"Eu acompanhei Neymar atuando no Brasil e é necessário entender a cultura do futebol de seu país. É atleta do Santos até 2014, mas se um dia jogar na Europa, seja em Barcelona, Madri, Manchester ou Munique, não tenho dúvidas de que mudaria e se adaptaria aos hábitos locais", analisou.

Aos 21 anos, o camisa 11 tem multa rescisória no valor de 70 milhões de euros (aproximadamente R$182,6 milhões) com o Santos e é especulado em alguns dos maiores times do mundo, como Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City. Em 2010, ano em que o atleta conquistou seu primeiro Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, o clube alvinegro recusou proposta de 35 milhões de euros (cerca de R$91,3 milhões) do Chelsea.

"Queremos que os jogadores que assinem com nosso time venham não só com um compromisso econômico, mas também com o clube, com seu projeto esportivo e valores históricos. Atletas que entendam que esta não é uma agremiação normal. Se sua prioridade é o dinheiro, o Barcelona não é a equipe onde deve jogar", encerrou Rossel, que ainda comentou possível parceria do brasileiro com o argentino Lionel Messi. "Os grandes jogadores sempre se entendem", encerrou.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: santosbarcelonaneymarsandro rosellfutebol mundialespanha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas