Oswaldo e Seedorf evitam falar do árbitro após expulsão do holandês

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A expulsão de Clarence Seedorf já no acréscimos da partida irritou os jogadores e a comissão técnica do Botafogo

Bruno Turano/Gazeta Press
Seedorf orienta o time durante a partida contra o Madureira

Campeão da Taça Guanabara e com 100% de aproveitamento na Taça Rio, o Botafogo bateu o Madureira por 2 a 1 em Moça Bonita, mas termina a 2ª rodada em clima quente. A expulsão de Clarence Seedorf já no acréscimos da partida irritou os jogadores e a comissão técnica, que preferiram manter a calma após jogo para evitar futuras complicações.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Seedorf seria substituído pelo zagueiro André Bahia, mas o técnico Oswaldo Oliveira foi obrigado a mudar a alteração após Cidinho reclamar de lesão. O problema é que o holandês e o árbitro Philip Georg Bennett não perceberam que Bahia já estava em campo. O juiz tentou obrigar o camisa 10 a sair pela lateral mais próxima e mostrou amarelo ao ver o pedido negado.O armador botafoguense insistiu em sair do lado do banco de reservas e causou revolta nos jogadores do Madureira. Pressionado, Bennett correu em direção a Seedorf e aplicou o cartão vermelho. O meia não desceu para os vestiários e ficou na beira do gramado esperando o término da partida para entender a expulsão.

Leia mais: Em dia de expulsão de Seedorf, Botafogo passa apertado por Madureira

Questionado pelos jornalistas, o meio campista evitou o assunto: "Não vou falar nada, não entendi. Confusão, é muita confusão. Quem também optou por não criticar o juiz foi Oswaldo de Oliveira. "Vocês vão me desculpar, mas não vou falar da arbitragem, pois é algo que pode ter muito desdobramento", sentenciou o comandante alvinegro.

Expulso pela primeira vez com a camisa do Botafogo. Clarence Seedorf agora soma dois cartões vermelhos na carreira. O primeiro foi recebido no dia 22 de abril de 2006, em vitória do Milan por 3 a 1 sobre o Messina. Na ocasião, o holandês se desentendeu com o defensor Salvatore Aronica e viu o árbitro mostrar vermelho para os dois.

Leia tudo sobre: botafogoseedorfcampeonato carioca 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas