Em clássico com desfalques, Leandro e Giva têm chance de firmar ascensão

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Jovens atacantes de Palmeiras e Santos têm aproveitado as chances que apareceram e buscam se firmar entre os titulares dos seus respectivos times

Miguel Schincariol/ Gazeta Press
Leandro, atacante do Palmeiras

Por lesões, o Palmeiras não poderá contar com Valdivia e Henrique. Já o Santos entra em campo neste domingo sem Neymar e Montillo, que servem suas seleções. Os desfalques fazem com que o foco do clássico no Pacaembu passa a estar em dois jovens atacantes que têm a grande chance de provar a qualidade que mostraram nos últimos jogos: Leandro e Giva.

Leandro chegou ao Palmeiras na negociação que levou Barcos ao Grêmio. Aos 19 anos, pouco após ter participado da fracassada campanha da seleção brasileira no Sul-americano sub-20, juntou-se ao clube paulista com o objetivo de aparecer mais e se estabelecer na carreira. Até agora, tem conseguido.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Antes reserva por não ter condições de disputar a Libertadores, o garoto tirou a vaga de Vinicius balançando as redes. Em cinco jogos pelo clube, já foram quatro, sendo que três deles nas duas últimas partidas. Um motivo a mais para sua família se alegrar, já que só vê-lo vestindo a camisa do Palmeiras, clube do qual seu pai é torcedor fanático, gera festa.

Gilson Kleina é mais um a sorrir. "O Leandro já é um jogador de seleção nas categorias de base. Chegou ao Palmeiras, viu um bom ambiente e as coisas começaram a fluir naturalmente. Veio de outra agremiação, teve sua oportunidade e está vivendo um grande momento. Fico muito feliz por ser um grande garoto se destacando", comemorou o técnico.

Após ter entrado em campo no 0 a 0 com o São Paulo, Leandro terá seu primeiro clássico como titular no Verdão. "Todos os jogos são importantes, mas clássico tem um gostinho especial. Atuar bem e ajudar sua equipe a vencer ajuda muito para conquistar a vaga de titular", comentou.

"Já joguei clássicos pelo Grêmio. Independentemente da região, o clima não é diferente. Vai ser importante para o Palmeiras. Mesmo com os desfalques, podemos conseguir um resultado positivo", continuou Leandro, que foi sincero ao comemorar o desfalque de Neymar. Mas do outro lado terá Giva.

Flickr oficial do Santos
Giva comemora gol pelo Santos

Campeão da última Copa São Paulo de Juniores, pelo sub-20 do Santos, o atacante vive uma boa fase na Vila Belmiro. Lançado no time principal neste ano e tendo marcado os seus dois primeiros gols como profissional na vitória sobre o Mirassol, na última quinta-feira, o novato é uma das principais esperanças da equipe para o clássico.

"Vai ser uma grande experiência disputar um clássico, pela primeira vez como titular. Venho me preparando para isso e espero atuar bem, mais uma vez. Os gols me deram confiança e espero ajudar o Santos, voltando a marcar ou dando passes para gols", discursou Giva.

Muricy Ramalho confia que a estrela de Giva pode brilhar, na ausência do craque Neymar, que está com a Seleção Brasileira. "O Giva está crescendo, por isso o treinador escala. Ele vem treinando forte e, nas últimas vezes que entrou, foi bem. Ele está merecendo essa sequência, tem mostrado qualidade", afirmou o técnico.

Responsável por vestir a camisa 11 na ausência da Joia, Giva espera estar inspirado no clássico. "Digamos que vestir a 11 é uma pressão a mais, porque o Neymar é um ídolo. É complicado entrar com essa pressãozinha extra, mas espero ir bem em todas as oportunidades que eu tiver com a camisa do Santos. Não esperava tanto. Tudo está sendo um sonho. Espero que dê certo usar essa camisa mais vezes", concluiu.

Leia tudo sobre: SantosPalmeirasCampeonato Paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas