Sem maiores dificuldades, Internacional fez 3 a 0 em Santa Cruz do Sul e chegou ao sexto triunfo consecutivo em 2013

Leandro Damião comemora seu gol durante partida contra o Santa Cruz-RS
Edu Andrade/Gazeta Press
Leandro Damião comemora seu gol durante partida contra o Santa Cruz-RS

O Internacional segue curtindo a grande fase sob o comando de Dunga. A vítima na 3ª rodada da Taça Farroupilha foi o Santa Cruz que, mesmo em festa pelo ano de seu centenário, não conseguiu segurar o campeão do primeiro turno. Sem maiores dificuldades, os colorados fizeram 3 a 0 no placar e chegaram à sexta vitória consecutiva na temporada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

E para iniciar o triunfo, a equipe da capital contou com a colaboração do zagueiro Sidraílson, que tentou afastar o perigo depois do goleiro Vizzotto evitar gol e Leandro Damião e mandou contra o patrimônio. Escolhido por Dunga no segundo tempo, Vítor Júnior ampliou e viu D’Alessandro, de pênalti, concluir o resultado que deixa o Inter com nove pontos na liderança do grupo B.

Na próxima rodada, a 4ª da competição, o Internacional vai até o estádio Passo D’Areia para enfrentar o São José. O confronto acontece às 22 horas (de Brasília) de quarta-feira. No dia seguinte e às 19 horas, o Santa Cruz, que segue sem pontuar, visita o Canoas no Complexo Esportivo da Ulbra.

Confira as imagens dos campeonatos estaduais neste domingo:


O jogo - Empolgados pelo centenário, os alvinegros levaram um banho de água fria logo aos 11 minutos da partida. Leandro Damião arrancou pela esquerda, ganhou na raça de dois marcadores e tocou para Caio na pequena área e recebeu de volta. O chute saiu fraco e o goleiro Vizzotto espalmou, mas a bola bateu em Sidraílson e morreu no fundo das redes.

Aos poucos, os donos da casa conseguiram conquistar o meio de campo e passaram a pressionar os colorados. Com mais posse de bola, o Santa Cruz quase buscou o empate aos 30 minutos. O atacante isolado Lucas Silva girou com estilo e bateu cruzado para grande defesa de Muriel.

A partida caiu em qualidade na etapa complementar e o Inter passou a administrar o resultado. A primeira chance clara de gol aconteceu apenas aos 17 minutos, quando Andrés D’Alessandro bateu firme e obrigou Vizzotto a espalmar pela linha de fundo.

Irritado com a acomodação dos jogadores, o técnico Dunga resolveu sacar o volante Airton, que reclamava de cãibras, e o jovem Fred para a entrada dos meias Jesús Dátolo e Vítor Júnior. Aos 36 minutos, o argentino arrancou e serviu Leandro Damião. O centroavante cruzou rasteiro e Vítor Júnior marcou o segundo dos visitantes.

Apenas três minutos depois, a bola ficou viva na área santa-cruzense e o garoto Otavinho, que havia substituído Caio, foi derrubado e o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima assinalou pênalti. D’Alessandro chamou a responsabilidade e soltou uma mancada para definir a vitórias elástica no Estádio dos Plátanos.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ-RS 0 X 3 INTERNACIONAL

Local: Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Data: 24 de março de 2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa) e Rafael da Silva Alves
Cartões amarelos: Fabinho, Cleiton, Héverton, Teda, Lucas Sotero e Vizzotto (Santa Cruz); Airton (Internacional)

Gols:
INTERNACIONAL: Leandro Damião, aos 11 minutos do primeiro tempo; Vítor Júnior, aos 36, e D'Alessandro, de pênalti, aos 40 minutos do segundo tempo

SANTA CRUZ: Vizzotto; Teda, Héverton e Sidraílson; João Neto, Diego Teles, Léo Maringá, Cleiton (William Saldanha), Fabinho (Lucas Sotero) e Gabriel Ganzer (Baroni); Lucas Silva
Técnico: Tonho

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Aírton (Vítor Júnior), Josimar, Fred (Dátolo) e D’Alessandro; Caio (Otavinho) e Leandro Damião
Técnico: Dunga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.