Corinthians vence Guarani, mas perde mais dois atletas por lesão

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

O goleiro Cássio e o meia-atacante Renato Augusto se machucaram e preocupam a comissão técnica alvinegra

CÉLIO MESSIAS / Gazeta Press
Jogadores do Corinthians celebram gol do atacante Guerrero

O Corinthians voltará de Campinas neste domingo com mais três pontos no Campeonato Paulista, mas lamentando a perda de dois importantes jogadores por lesão. Apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, Cássio e Renato Augusto se machucaram e preocupam a comissão técnica alvinegra.

O goleiro não suportou dor no quadril depois de interceptar cruzamento, e o meia acusou fisgada na coxa direita. Tudo isso ainda no primeiro tempo, quando o placar da vitória já havia sido construído por Guerrero – o peruano balançou a rede com cinco minutos, depois de ótima assistência de Emerson.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Cássio e Renato Augusto se juntam, assim, a uma lista não pequena de desfalques de Tite. Contra o Guarani, o técnico não pôde contar com o volante Paulinho, o meia Douglas e oatacante Alexandre Pato, além do lateral esquerdo Fábio Santos, este por suspensão.

Apesar dos problemas, o Corinthians alcança seu 25º ponto e joga novamente na quarta-feira, diante do Penapolense, no Pacaembu. Um dia depois, o time interiorano (que estaciona nos nove pontos e aumenta para seis a série sem vitórias) visita o Oeste, em Itápolis.

Neste domingo, logo no primeiro minuto, Renato Augusto cobrou falta da esquerda, e Paulo André cabeceou à esquerda do gol de Léo. Mas o alívio da torcida bugrina foi breve. Quatro minutos depois do susto, o Corinthians abriu o placar: Emerson dominou de costas e tocou por cima da zaga para Guerrero ganhar disputa com Ademir Sopa e chutar forte à rede.

O domínio visitante continuou depois do gol. Após tabela com Danilo, Renato Augusto arriscou da entrada da área e só não ampliou a vantagem porque Léo fez uma defesa de sorte. O goleiro saltou antes, a bola passou por baixo dele e resvalou na parte de trás da perna esquerda, subindo e saindo para escanteio.

Cássio, ao contrário, não estava em um dia de tanta sorte. Em uma tentativa de cortar cruzamento, ele machucou o quadril, recebeu atendimento médico e tentou permanecer em campo. Ciente de que poderia prejudicar o time e a si próprio, no entanto, o goleiro corintiano pediu alteração e foi substituído por Danilo Fernandes na metade da etapa inicial.

Do banco de reservas, ele viu Renato Augusto obrigar Léo a espalmar arremate no canto esquerdo baixo. Viu também o companheiro igualmente deixar o campo ao acusar fisgada na coxa direita e se lesionar sozinho. A opção de Tite foi pela entrada de Jorge Henrique. Aos 35 minutos, o treinador já havia realizado duas mudanças na formação.

Muito acuado no começo, o Guarani passou a se lançar mais ao campo de ataque, mas abusava dos erros de passe. Ademir Sopa e Ronaldo Mendes fizeram lançamentos ruins, matando possibilidades de contragolpe. A melhor chance saiu aos 42 minutos, quando Fernando Gaúcho foi acionado no meio da área, mas demorou a concluir a gol e permitiu que Igor chegasse a tempo de desarmá-lo.

No segundo tempo, cobrado pelo técnico Branco, o Guarani foi em busca do empate e até chegou a acuar o adversário em seu campo de defesa. A única bola que levou perigo à meta de Danilo Fernandes, porém, foi uma cobrança de falta de Thiago, que passou rente à trave esquerda. Morno, o confronto só mudou depois que começou a chover forte em Campinas. Para não deixar o resultado positivo escorregar pelas mãos, Tite usou sua última substituição colocando Edenilson, um volante, no lugar do meia Danilo, e garantiu mais três pontos.

Confira outras fotos dos jogos deste domingo:

Leandro Damião comemora seu gol durante partida contra o Santa Cruz-RS. Foto: Edu Andrade/Gazeta PressJogadores do Corinthians celebram gol do atacante Guerrero. Foto: CÉLIO MESSIAS / Gazeta PressSeedorf orienta o time durante a partida contra o Madureira. Foto: Bruno Turano/Gazeta PressDagoberto reclama durante a partida contra a Caldense. Foto: Denilton Dias/ VIPCOMMLeandro domina a bola durante o clássico contra o Santos. Foto: Ricardo Saibun/ Gazeta PressEdu Dracena disputa bola pelo alto com jogadores do Palmeiras. Foto: Ricardo Saibun/ Gazeta PressObina sofre falta durante a partida contra o Juazeirense. Foto: EDSON RUIZ / Gazeta PressRobinho e Ricardo Conceição disputam a bola durante o clássico paranaense. Foto: Heuler Andrey /Gazeta Press


FICHA TÉCNICA
GUARANI 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 24 de março de 2013 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Orlando Wohnrath
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Paulo de Souza Amaral
Cartões amarelos: Marquinhos, Ademir Sopa (Guarani); Danilo (Corinthians)

Gol: CORINTHIANS: Guerrero, aos cinco minutos do primeiro tempo

GUARANI: Léo; Boiadeiro (Oziel), Thiago, Cássio (Thiago Matias) e Diogo; Ademir Sopa (Cadu), Coutinho, Marquinhos e Thiago Gentil; Ronaldo Mendes e Fernando Gaúcho
Técnico: Branco

CORINTHIANS: Cássio (Danilo Fernandes); Alessandro, Gil, Paulo André e Igor; Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Jorge Henrique) e Danilo (Edenilson); Emerson e Guerrero
Técnico: Tite

Leia tudo sobre: CorinthiansGuaraniCampeonato Paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas