Nigéria é surpreendida e perde invencibilidade diante do Quênia

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Com a derrota por 1 a 0, seleção nigeriana pode perder liderança do Grupo F das Eliminatórias para Namíbia ou Malaui. Camarões vence e lidera Grupo I

Campeã da Copa Africana de Nações no último dia 10 de fevereiro, a Nigéria foi surpreendida e acabou derrotada por 1 a 0 pelo Quênia, neste sábado, no estádio U.J. Esuene, em partida válida pela terceira rodada do Grupo F das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. O meio-campista Francis Kahata, aos 36 minutos do primeiro tempo, marcou o gol que deu o trinfou ao time visitante.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Detentora de uma das seleções mais tradicionais do futebol africano, a Nigéria contou com atletas como o volante Obi Mikel e o meio-campista Victor Moses, ambos do Chelsea (Inglaterra), no embate realizado em Calabar. O atacante Obafemi Martins, que já atuou pela Internazionale (Itália), era outro atleta jogador conhecido internacionalmente dentro de campo. Pelo lado dos quenianos, Victor Wanyama, do Celtic (Escócia) foi o principal destaque.

O resultado deste jogo embola a classificação do Grupo F. Antes invicta na competição, a Nigéria segue na liderança, com quatro pontos, levando vantagem nos critérios de desempate diante do Quênia, que conseguiu sua primeira vitória no torneio e deixou a última colocação da chave. Entretanto, Namíbia (três pontos) e Malaui (dois pontos) duelam ainda neste sábado e podem assumir a primeira posição.

Nigéria e Quênia voltam a se enfrentar em 7 de junho, em confronto válido pela quarta rodada. Antes disso, em 30 de maio, os atuais campeões continentais fazem duelo amistoso com o México, em preparação para a Copa das Confederações, onde estão classificados no Grupo B, ao lado de Espanha, Uruguai e Taiti.

As Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014 contam com a participação de 52 países, sendo que 40 disputam a fase de grupos. Os líderes de cada chave garantem vaga na terceira fase, onde são divididos em dois grupos, no sistema eliminatório de duelos de ida e volta. Os cinco melhores colocados asseguram um lugar no torneio disputado em território brasileiro no próximo ano.

Camarões assume liderança do Grupo I

Apesar de afirmar que os dirigentes da federação de futebol de seu país desejam matá-lo, em entrevista a revista Je Wande, Samuel Eto’o continua sendo o principal atleta de Camarões. Prova disso é que o centroavante marcou os dois gols de sua seleção no triunfo por 2 a 1 diante de Togo, no estádio Omnisport Ahmadou Ahidjo. O meio-campista Sename Womé descontou para o time visitante.

Com este resultado, Camarões assume a liderança do Grupo I, com seis pontos, ultrapassando Líbia (quatro pontos) e RD Congo (três pontos). Togo, por sua vez, é o último colocado da chave, com um ponto. No entanto, os camaroneses podem perder a primeira posição ainda neste final de semana, já que Líbia e RD Congo medem forças neste domingo.

*Com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas