Messi dá show, Argentina bate a Venezuela e se segue na liderança

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante marca de pênalti e dá duas assistências para Higuaín. Com 23 pontos, argentinos lideram com folga Eliminatórias Sul-Americanas. Peru vence Chile por 1 a 0

Em noite de Messi, a Argentina segue na caminhada vitoriosa em busca da classificação para a próxima Copa do Mundo de 2014. Em partida disputada na noite desta sexta-feira, no Monumental de Nuñez, o atacante fez um gol de pênalti e deu duas assistências para Higuaín marcar e decretar a vitória da Argentina diante da Venezuela por 3 a 0.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Natacha Pisarenko/AP
Messi comemora gol da Argentina na vitória contra a Venezuela

O resultado fez a Argentina chegar aos 23 pontos ganhos e seguir na liderança isolada das Eliminatórias Sul-americanas. A Venezuela, que faz campanha regular na competição, continua com 12 pontos ganhos, na sexta posição. Antes do início da partida, Messi foi homenageado por ter recebido, de forma consecutiva, quatro bolas de ouro, destinadas ao melhor jogador do mundo. Na próxima rodada, a Argentina vai encarar a Bolívia, em La Paz. A Venezuela receberá a Colômbia, em Caracas.

Leia mais:Em casa, Uruguai sai na frente, mas permite empate do Paraguai

Apoiado por grande torcida, a Argentina começou a partida de forma tímida e sofrendo uma forte marcação por parte dos venezuelanos. Muito vigiado por Rincón, Messi só conseguiu tocar na bola aos quatro minutos. Aos oito minutos, Messi aproveitou uma bola rebatida após chute de Higuaín e mandou a bomba, mas o goleiro Hernández fez grande defesa, evitando o primeiro gol.

O time de Alejandro Sabella sentia a falta de Aguero, substituido por Lavezzi, enquanto o santista Montillo não conseguia organizar, com lucidez, as jogadas de ataque. Só aos 18 minutos, é que a Argentina criou sua primeira grande chance. Messi fez boa jogada individual e bateu forte da entrada da área, obrigando o goleiro Hernández a praticar grande defesa.

Messi começou a se livrar da marcação cerrada dos venezuelanos e, aos 21 minutos, descobriu Rojo livre na esquerda, mas o chute do lateral bateu na rede pelo lado de fora. Aos 27 minutos, o goleiro Hernández falhou ao tentar segurar a bola, mas Higuaín não conseguiu aproveitar a sobra.

A Venezuela se preocupava apenas com a defesa, mantendo dez jogadores preocupados apenas com a marcação. Aos 28 minutos, a equipe portenha marcou o primeiro gol. Depois de boa troca de passes, Messi descobriu Higuaín, livre de marcação, e o artilheiro bateu cruzado para marcar seu oitavo gol nas Eliminatórias.

Peru vence Chile no fim

Restando apenas três minutos para o apito final, Jefferson Farfán evitou o que seria o primeiro empate sem gols das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014. Foi dele o gol da vitória do Peru sobre o Chile por 1 a 0.

O resultado faz os peruanos chegarem aos 11 pontos nas Eliminatórias, deixando para trás os lanternas Bolívia e Paraguai e voltando a sonhar com a zona de classificação. Com 12 pontos, o Chile tentará a recuperação diante do Uruguai na terça-feira.

Leia tudo sobre: messiargentina

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas