Ney Franco comemora vitória "econômica, mas convincente" do São Paulo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"Saímos da pressão quando eles cresceram no segundo tempo e mantivemos a liderança, independentemente dos outros resultados", avaliou o treinador

Djalma Vassão/Gazeta Press
Luís Fabiano comemora o gol do São Paulo diante do São Bernardo

Enfim, um pouco de paz no São Paulo. Nesta quarta-feira, a equipe derrotou o São Bernardo por 2 a 1, no ABC paulista, e deixou o Estádio 1º de Maio aplaudida pela torcida. Um resultado convincente, disse depois da partida o técnico Ney Franco, que havia admitido desconforto no cargo nos últimos dias.

"Marcamos bem, tivemos uma vitória convincente. Em alguns momentos, você ganha de 3 a 0, 4 a 0. Hoje foi um placar econômico, mas uma vitória convincente. A equipe jogou muito bem o jogo todo. Saímos da pressão quando eles cresceram no segundo tempo e mantivemos a liderança, independentemente dos outros resultados", disse.

"Os treinos de segunda-feira e especialmente o de ontem foram de muita qualidade. Tanto a reunião (com o elenco) quanto o treinamento fizeram diferença. Conseguimos mobilizar o grupo. Falamos que a partir desse jogo íamos ter um salto de qualidade. Isso foi demonstrado", acrescentou.

Nos treinamentos de qualidade citados por Ney Franco, Paulo Henrique Ganso e Jadson ensaiaram uma dupla pouco habitual. Menos comum ainda com apenas um volante - como Wellington estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o meia Maicon foi improvisado ao lado de Denilson.

"Todos os setores do campo funcionaram bem, incluindo Ganso e Jadson. Confirmou todas as nossas expectativas, e agora temos que já pensar no jogo de sábado. A tendência é não mexer muito na equipe", encerrou o comandante, já projetando o duelo com o Bragantino, no Morumbi.

Leia tudo sobre: ney francosão paulogenet

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas