Zagueiro do Vasco tem 45% dos seus direitos pertencentes à DIS, empresa que tem bom relacionamento com o clube inglês

Dedé, zagueiro do Vasco
Divulgação
Dedé, zagueiro do Vasco

Em crise financeira, o Vasco da Gama deverá se desfazer do zagueiro Dedé, seu principal jogador, na próxima janela de transferências. E, de acordo com informações da imprensa inglesa, Manchester United e Liverpool, através dos seus respectivos técnicos, já estão de olho no atleta de 24 anos.

E mais: Em crise financeira, Renê Simões compara o Vasco ao rival Flamengo

Segundo o Daily Mirror , o a diretoria dos Reds , que recebeu o aval do treinador Brendan Rodgers, já mantém contato com o defensor há quase um ano, fator que pode pesar em uma possível transferência. O valor, que gira em torno de 15 milhões de libras esterlinas (R$ 45 milhões), não assusta os ingleses.

Enquanto isso, os Red Devils , pela indicação de Sir Alex Ferguson, tentarão seduzir Dedé com o provável título do Campeonato Inglês, conquista que classificaria o time à Liga dos Campeões da Europa da temporada seguinte. O Liverpool, por sua vez, dificilmente estará na competição continental.

Ainda de acordo com a publicação, o clube de Liverpool construiu uma relação estreita com o fundo de investimento DIS, que tem 45% dos direitos de Dedé, exaltado pela reportagem do DM . Na matéria, o zagueiro é apontado como um dos principais líderes da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014.

Além de Manchester United e Liverpool, Juventus e Benfica também estariam interessados na contratação de Dedé no segundo semestre. Atualmente, o jogador enfrenta a crise vascaína, que resultou na demissão do técnico Gaúcho, após mais uma derrota no Estadual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.