Técnico do Brasil disse que ficou satisfeito com o desempenho da equipe e elogiou o time italiano, após empate nesta quinta

Felipão dá instruções para a seleção brasileira no segundo tempo
Mowa Press
Felipão dá instruções para a seleção brasileira no segundo tempo

O técnico Luiz Felipe Scolari ficou satisfeito com o desempenho da Seleção Brasileira no amistoso contra a Itália, disputado nesta quinta-feira, na cidade suíça de Genebra. O time amarelo vencia por dois gols de vantagem no primeiro tempo, mas cedeu o empate por 2 a 2 no segundo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"A equipe não se desesperou, jogou futebol. Tomou um e outro gol de forma estranha, mas foi muito bem de um modo geral. Fiquei satisfeito com todo o time", enalteceu Felipão, que fez diversos elogios aos seus convocados durante a entrevista coletiva concedida após a partida.

Leia mais:  Brasil cede empate à Itália e mantém jejum de vitórias contra grandes rivais

Apesar da aprovação do treinador, o Brasil ficou exposto aos ataques da Itália e tomou muito sustos durante o jogo. O goleiro Júlio César foi obrigado a fazer boas defesas para evitar a virada do adversário.

"O Júlio César trabalhou, mas o Buffon também. Temos de lembrar que a seleção da Itália está jogando junta há três anos, disputando competições oficiais. Também gostei bastante do posicionamento da nossa zaga", enalteceu Felipão.Para o técnico, uma desatenção selou o destino do Brasil na Suíça. "O que fez a diferença foi o primeiro gol deles, uma bola baixa, em cobrança de escanteio. Foi um gol totalmente estranho, que não acontece normalmente porque treinamos. Isso deu impacto para a Itália jogar um pouquinho melhor a partir daí. Se não tivéssemos tomado esse gol, provavelmente as coisas transcorreriam de forma diferente para nós e, quem sabe, seriam bem mais fáceis do que imaginávamos", analisou Luiz Felipe Scolari.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.