Com sombra de Lúcio, titulares da zaga querem agarrar chance no São Paulo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Rafael Toloi e Edson Silva vem jogando no Paulistão, após Lúcio abandonar o estádio depois de ser substituído na derrota para o Arsenal, na Argentina

Djalma Vassão/Gazeta Press
Lúcio chegou a pedir desculpas a Ney Franco, mas acabou barrado pelo treinador

A decisão de colocar o veterano Lúcio no banco de reservas fez a responsabilidade do técnico Ney Franco e dos zagueiros titulares crescer consideravelmente no São Paulo. Com a "sombra" do pentacampeão no banco de reservas e a pressão exercida pelos dirigentes que investiram pesado em sua contratação, Rafael Toloi e Edson Silva seguem com a missão de provar que o treinador não cometeu um equívoco ao apostar em uma dupla que passava longe das preferências do torcedor.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Edson Silva iniciou a pré-temporada na reserva e não tinha a sua escalação nem cogitada pela comissão técnica. O atleta, contudo, ganhou espaço após a contusão de Rhodolfo. O jogador passou a figurar como substituto imediato do setor e ganhou sua primeira oportunidade na vitória por 3 a 2 sobre o Oeste, no Morumbi.

A chance surgiu depois de Lúcio ter abandonado o estádio após a sua substituição por Ganso, na derrota por 2 a 1 para o Arsenal de Sarandí."Isso mostra que o Ney Franco está dando a oportunidade para todos os jogadores e que os nossos zagueiros são de qualidade. O Edson Silva marca bem e tem muita técnica. Ele vinha treinando forte, é canhoto e foi muito bem nos dois jogos que participou", avaliou o companheiro Rafael Toloi, que ainda torceu por sua manutenção entre os titulares. "Fizemos bons jogos juntos e esperamos manter isso daqui para frente."

A permanência dos defensores na equipe principal deverá ser confirmada por Ney Franco nos treinamentos desta sexta-feira. O São Paulo encerrará a sua preparação para o duelo contra o Bragantino, no sábado, e dificilmente sofrerá qualquer mudança na escalação. A dificuldade em retomar seu antigo posto motivou Lúcio a fazer até hora extra nesta quinta-feira. O atleta ficou no gramado após o término das atividades dos reservas e aprimorou o condicionamento ao lado dos preparadores físicos.

Para Toloi, a dedicação de seu concorrente é um estímulo a mais na busca pela sua afirmação como titular. "Nós só temos jogadores de muita qualidade e todos são excelentes zagueiros. O Ney Franco vem dando essa chance para nós e eu sempre procurei dar o meu melhor. O time só vai se acertar com muita ajuda e dedicação e o importante é estar bem", encerrou o defensor.

Leia tudo sobre: São PauloRafael ToloiEdson SilvaLúcioigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas