Entre convocados e lesionados, Fluminense pode ter até oito desfalques

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe encara o Duque de Caxias no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca

O Fluminense terá que superar muitos problemas para vencer neste sábado, às 16h (de Brasília), o Duque de Caxias no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Isso porque o técnico Abel Braga vai quebrar a cabeça para montar a equipe, recheada de desfalques.

O goleiro Diego Cavalieri, o volante Jean e o atacante Fred estão servindo a seleção brasileira em amistosos internacionais com a Itália e com a Rússia. Já o volante Valencia está com a seleção colombiana por conta das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil.

Para piorar o zagueiro Anderson, com estiramento muscular na coxa direita, o lateral direito Wellington Silva, se recuperando de fratura no pé esquerdo, e o meia Thiago Neves, com estiramento muscular na coxa esquerda, seguem no departamento médico e não serão aproveitados no sábado. O lateral direito Bruno, que deixou a vitória contra o Audax reclamando de dores na coxa direita, ainda é dúvida.

Ao todo, o Flu pode ter oito desfalques. O único retorno seria o do meia Deco, recuperado de dores no joelho direito. Apesar de tantos problemas, os jogadores preferem minimizar as ausências e focar na vitória.

"Acredito que temos condições de ir a campo e conseguir o resultado positivo. Sabemos que os desfalques são jogadores importantes, mas o Fluminense conta com um grupo sólido", disse o zagueiro Gum.

Abel Braga ainda não confirmou a escalação, mas a tendência é que Ricardo Berna seja o goleiro, Edinho, Diguinho e Deco formem o meio-de-campo e Samuel ou Rafael Sobis fique com a vaga de Fred. Caso Bruno seja vetado, Wallace, que no meio do ano vai se transferir para o Chelsea, assumirá a lateral direita. Nesta quinta-feira o elenco vai trabalhar na parte da tarde.

Leia tudo sobre: fluminensecampeonato carioca 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas