Jogadores do time carioca tentam não se preocupar com o estado ruim do gramado do Bangu

Julio César, lateral-esquerdo do Botafogo
Divulgação
Julio César, lateral-esquerdo do Botafogo

O Botafogo segue se preparando para a partida deste domingo, às 16 horas (de Brasília), diante do Madureira, em Moça Bonita pela 2ª rodada da Taça Rio. A tendência é que o Alvinegro tenha dificuldades neste compromisso, pois o gramado do estádio do Bangu é considerado um dos piores do estado e sempre é motivo de crítica por parte dos grandes clubes da cariocas.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Assim que a tabela do Campeonato Carioca foi divulgada, o zagueiro Antônio Carlos ironizou o fato de o Glorioso ter de jogar lá. No ano passado, os botafoguenses protestaram muito com a situação, principalmente pelos tropeços no campo do Bangu. Além dos problemas do gramado, o Botafogo poderá ter problemas com o calor, pois o bairro da Zona Oeste costuma registrar as mais altas temperaturas da capital.

Apesar de tantos fatores complicados, o Botafogo prefere focar apenas na equipe do Madureira. "Nós sabemos que podem existir algumas dificuldades, mas a nossa preocupação está mesmo no adversário. O Madureira tem profissionais que também precisam do resultado e com certeza vão se esforçar muito por isso", afirmou o lateral esquerdo Júlio César.Quem compartilha o pensamento do lateral é o volante Marcelo Mattos, que promete estudar os rivais do final semana para manter a boa fase do Bota. "Nós estamos preocupados com a conquista de três pontos e para isso o foco está em encontrar a melhor tentativa de vencer o Madureira. Temos que neutralizar os pontos fortes do adversário e fazer com que nossas qualidades possam sobressair", analisou o meio campista.

Marketing - Fora de campo, a diretoria firmou uma parceria com a empresa Combrasil. Assim, o clube vai estampar seu escudo em produtos alimentícios como feijão, arroz, milho, pipoca para microondas, macarrão instantâneo, ketchup e mostarda. Os valores da negociação não foram informados. O Alvinegro já tem sua marca estampada em embalagens de Guaravita, com o nome de GuaraFogão.

Ainda fora de campo, o clube divulgou nota oficial na manhã desta quarta-feira lamentando a morte do cantor Emílio Santiago, torcedor do clube: "O Botafogo de Futebol e Regatas lamenta o falecimento de Emílio Santiago, cantor e botafoguense de coração que ao longo de sua vida manifestou diversas vezes o seu amor pelo Glorioso. Emílio morreu na manhã desta quarta-feira em função de complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral (AVC). O velório será realizado no Memorial do Carmo, no cemitério do Caju. O Botafogo presta solidariedade à família e amigos de Emílio Santiago."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.