Time de São Januário vem de derrotas na final da Taça Guanabara, diante do Botafogo, e na estreia da Taça Rio, para o Volta Redonda

Vasco, de Carlos Alberto, busca recuperação na Taça Rio após derrota na estreia
Divulgação
Vasco, de Carlos Alberto, busca recuperação na Taça Rio após derrota na estreia

Em seu pior momento na temporada, o Vasco busca a reabilitação na Taça Rio nesta quarta-feira. Em jogo válido pela segunda rodada do segundo turno do Campeonato Carioca, encara o Nova Iguaçu, às 22 horas (de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O time estreou na competição com derrota por 1 a 0 para o Volta Redonda. Isso após ter perdido a decisão da Taça Guanabara. Um novo tropeço pode mergulhar de vez o clube em uma crise e ameaçar a continuidade do técnico Gaúcho.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de o comandante ter assumido toda a responsabilidade pelos tropeços recentes, os jogadores do Vasco preferem dividir a culpa com o comandante, já prevendo uma possível queda. Por isso, a ordem é se reabilitar o mais rápido possível e fazer a torcida esquecer o que se passou diante do Volta Redonda.

"O Gaúcho é um grande treinador e a culpa nesta hora tem que ser dividida por todos, assim como as coisas boas que com certeza podem vir a acontecer. Nós temos condições de buscar a recuperação já diante do Nova Iguaçu e vamos trabalhar demais para que isso aconteça. O jogo contra o Volta Redonda já passou", disse o goleiro Alessandro.

Ciente de que a recuperação é muito importante, o meia Carlos Alberto, um dos líderes do atual elenco, lembra que os bons resultados só irão acontecer se o time tiver tranquilidade em campo. "O Vasco precisa se recuperar, mas ainda não há motivo para desespero. Perdemos apenas o primeiro jogo do segundo turno, mas dependemos das nossas próprias forças para conseguirmos a classificação. Portanto, temos que ter tranquilidade dentro de campo e fazer com que o nosso jogo possa fluir", disse.

Se não bastasse passar por um momento conturbado, Gaúcho ainda vai ter que lidar com desfalques. O zagueiro Dedé serve à seleção brasileira. Assim, André Ribeiro e Luan disputam para ver quem será o companheiro de Renato Silva. Apesar de o volante Wendel não ter agradado na lateral esquerda, ele permanecerá no posto por conta da ausência de Yotún, desfalque por estar com a seleção peruana nas Eliminatórias para a Copa. No ataque, o jovem Romário será mantido como centroavante por conta dos desfalques de Leonardo, com tendinite nos dois joelhos, e do equatoriano Carlos Tenório, com um edema na panturrilha esquerda.

Pelo outro lado, o Nova Iguaçu também não faz boa campanha neste Campeonato Carioca. O time, que estreou no sábado sendo derrotado pelo Friburguense por 2 a 0, soma apenas cinco pontos na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos e vale para critério de rebaixamento, ficando ameaçado de disputar a Segunda Divisão do Estadual em 2014.

Desta forma, o treinador Leonardo Condé admite que a luta este ano será contra o rebaixamento e a ordem é pontuar de qualquer maneira diante do Vasco. "Ficou claro agora que o Nova Iguaçu vai brigar mesmo nessa parte de baixo da tabela. Cada jogo agora tomou um rumo de decisão. Esse jogo contra o Vasco vai ter cara de decisão para nós. Vamos trabalhar bem a cabeça dos jogadores, recuperar e superar esse resultado ruim e buscar forças para fazer uma boa partida quarta-feira e conseguir um resultado positivo diante do Vasco".

FICHA TÉCNICA  -  NOVA IGUAÇU X VASCO
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ) 
Data: 20 de março de 2013 (Quarta-feira) 
Horário: 22h(de Brasília) 
Árbitro: Leonardo Cavaleiro (RJ) 
Assistentes: André Silveira (RJ) e Thiago Farinha (RJ)

NOVA IGUAÇU: Jefferson, Belarmino, Leonardo, Sílvio e Uallace; Filipe, Léo Salino, Rodrigo Souza e Dieguinho; Talles Cunha e Vinicius
Técnico: Leonardo Condé

VASCO: Alessandro, Nei, André Ribeiro (Luan, Renato Silva e Wendel; Sandro Silva, Pedro Ken, Dakson e Carlos Alberto; Eder Luis e Romário
Técnico: Gaúcho

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.