Sem Paulinho e Ramires, cortados por lesão, Felipão escalou Luiz Gustavo, do Bayern de Munique, e Fernando, do Grêmio, como volantes

O técnico Luiz Felipe Scolari comandou, na manhã desta terça-feira, em Genebra, o primeiro treino da Seleção Brasileira antes da partida contra a Itália, nesta quinta-feira. Felipão surpreendeu ao deixar o meia Kaká no time reserva.

E mais: Ramires não se apresenta, fica fora contra a Itália e é dúvida diante da Rússia

O jogador do Real Madrid perdeu a primeira parte da disputa por uma vaga na equipe titular para o atacante Hulk. O jogador do Zenit, da Rússia, entrou na vaga que foi ocupada por Ronaldinho Gaúcho na derrota para a Inglaterra, em fevereiro.

Sem Paulinho e Ramires, cortados por lesão, Felipão escalou Luiz Gustavo, do Bayern de Munique, e Fernando, do Grêmio, como volantes. Outra novidade foi a entrada de Filipe Luís, do Atlético de Madri, na lateral esquerda. Thiago Silva, que ficou de fora do último jogo porque estava machucado, retomou a posição de titular, e compôs a dupla de zaga com David Luiz.

Veja:  Renato Augusto explica opção pelo Corinthians e já pensa em voltar à seleção

A equipe titular foi formada por Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz, Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernando, Oscar; Neymar, Fred e Hulk.

Felipão tentará aproveitar os dois amistosos (depois da Itália, a Seleção enfrenta a Rússia, na próxima segunda-feira) para apagar a imagem ruim que ficou após a derrota na sua reestreia. O novo treinador tem pouco tempo para definir o time que jogará a Copa das Confederações, em junho, no Brasil.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.