Atlético-MG e América fazem clássico mineiro na estreia de Comelli

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Garantido nas oitavas da Libertadores, o time comandado por Cuca volta as suas atenções para o estadual

Depois de vencer os bolivianos do The Strongest e se tornar o único clube com 100% de aproveitamento na Libertadores, o Atlético-MG dá uma pausa na principal competição da América do Sul e volta a pensar no Campeonato Mineiro. O Galo tem pela frente, neste domingo, o clássico contra o América-MG, que estreia novo técnico, às 18h30 (de Brasília), no estádio Independência.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Flickr/Atlético-MG
Cuca, técnico do Atlético-MG

Para essa partida, a ideia de Cuca é poupar jogadores. O comandante alvinegro não quer abrir mão do Campeonato Mineiro, mas deixa claro que em certos momentos será necessário priorizar competições, no caso do Galo, a Libertadores merece atenção especial. Cuca destaca a qualidade do elenco do Atlético-MG e mostra confiança nos atletas que não estão atuando com frequência.

"Vai ter momentos em que vamos ter que entender e priorizar uma competição. Vamos pensar bem, ver quem está na melhor condição, porque temos confiança no pessoal que não jogou ou que entrou um pouco contra o The Strongest. Se tiver que pôr um time alternativo, a gente põe para priorizar a Libertadores", afirmou.

Se quisesse, o treinador do Galo poderia escalar força máxima, já que não tem problemas de contusão ou cartões. Cuca poderá usar, inclusive, o armador Morais, que se recuperou de uma lesão na coxa esquerda, e que por isso, ainda não estreou com a camisa do Atlético-MG. Outro jogador que pode aparecer no clássico é o meia-atacante Guilherme, curado de lesão na panturrilha, mas que ainda não atuou na temporada.

No América-MG a vitória é vista como obrigação, para que a equipe mantenha viva a possibilidade de chegar ao G-4 do Mineiro. O Coelho ocupa apenas a sétima colocação com seis pontos, e venceu apenas um jogo em toda a competição, sequência de resultados ruins que custaram o emprego de Vinícius Eutrópio.

A diretoria americana agiu rápido e contratou o técnico Paulo Comelli, que levou o Criciúma para a Série A do Brasileiro. No América-MG o trabalho do treinador e classificar o time para as semifinais do Mineiro, e depois focar na Série B e no acesso do Coelho. Para a estreia no comando alviverde, Comelli já conta com problemas.

O armador Rodriguinho, peça importante no meio-campo do América-MG, ainda se recupera de contusão no tornozelo, e fica fora do clássico. Apesar das dificuldades, os jogadores do Coelho mostram confiança no trabalho de Comelli e em uma vitória em cima do Galo. O goleiro Neneca, que já trabalhou com o novo treinador espera reação da equipe.

"O Paulo Comelli já disse para gente que quando ele aceita convite como esse, sabe que o desafio é grande. Então, nada melhor do que um clássico. Nós jogadores, estamos cientes de que vai será um jogo complicado, mas temos totais condições de vencer. É trabalhar todo mundo junto, pensando positivo, para que tudo dê certo para o América-MG", disse.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de março de 2013 (domingo)
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA) e Breno Rodrigues (CBF)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Luan e Morais; Tardelli e Jô
Técnico: Cuca

AMÉRICA-MG: Neneca; Patrick, Éverton Luiz, Lula e Wanderson; Claudinei, Leandro Ferreira, Doriva e Giovanni; Fábio Júnior e Kaká
Técnico: Paulo Comelli

Leia tudo sobre: GENETMINEIROATLÉTICO-MGAMÉRICA-MGCLÁSSICOESTREIAPAULO COMELLI

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas