San Lorenzo confecciona uniforme especial para homenagear novo Papa

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe enviará o uniforme comemorativo e uma carta de felicitação ao "Papa Cuervo" - apelido dado a Bergoglio em referência aos torcedores da equipe

Victor R. Caivano/AP
Uniforme do time do San Lorenzo com homenagem ao Papa Francisco

O San Lorenzo, da Argentina, continua aproveitando a ligação com o novo Papa, Jorge Bergoglio, agora chamado de Francisco, eleito na última quarta-feira. O novo pontífice é torcedor e sócio do clube de Buenos Aires e recebeu uma homenagem do time neste sábado. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Na vitória por 1 a 0 contra o Colón, pelo Campeonato Argentino, o San Lorenzo entrou com um uniforme especial, que trazia uma mensagem ("Papa Francisco: Rezamos por ti, reza por nós") e um brasão com a imagem do Papa.

A equipe de Almagro enviará o uniforme comemorativo e uma carta de felicitação ao "Papa Cuervo" - apelido dado a Bergoglio em referência aos torcedores da equipe. Na mensagem, a diretoria fará alusão à missa celebrada por Jorge Bergoglio na festa dos cem anos do San Lorenzo, realizada em 2008, às ações pastorais promovidas na capela do clube e à sua paixão pelo time.

A empolgação do San Lorenzo em ter um papa entre seus fiéis é justificada. Tradicional em seu país, o clube não obteve grandes êxitos recentemente: conquistou o Campeonato Argentino pela última vez em 2007 e a Copa Sul-americana, um de seus poucos títulos internacionais, em 2002. Fora de campo, ainda luta para recuperar o terreno de seu antigo e histórico estádio, o Gasómetro, que se situava no bairro portenho de Boedo, foi tomado pela ditadura militar e acabou transformado em um supermercado.

"Desde que Bergoglio foi eleito, meu celular não parou mais de tocar. Até uma TV da China me ligou", disse Matías Lammens, presidente do clube, em entrevista ao jornal argentino Clarín.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas