Convocado para seleção, Osvaldo ainda não sabe se encara Oeste

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

São-paulino terá sua primeira oportunidade de vestir a camisa verde-amarela. No dia 21, o Brasil enfrenta a Itália, em Genebra. Quatro dias depois, em Londres, o rival será a Rússia

O são-paulino Osvaldo ainda não sabe se vai a campo no domingo, diante do Oeste. Convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, o atacante em tese tem embarque praticamente no mesmo horário do jogo, marcado para 16 horas (de Brasília), mas o clube ainda tenta liberação para que ele se apresente mais tarde.

Como a delegação será dividida em dois voos, um em Guarulhos e outro no Rio de Janeiro, a ideia é obter permissão da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para que ele viaje a Genebra saindo da capital fluminense, às 22h55, e não de São Paulo, às 17h15.

Chamado pelo técnico Luiz Felipe Scolari em substituição a Lucas, que se contundiu defendendo o Paris Saint-Germain, Osvaldo terá sua primeira oportunidade de vestir a camisa verde-amarela. No dia 21, o Brasil enfrenta a Itália, em Genebra. Quatro dias depois, em Londres, o rival será a Rússia.

Se não for liberado para viajar do Rio de Janeiro, Osvaldo será a segunda baixa do técnico Ney Franco para enfrentar o Oeste. O zagueiro Lúcio foi expulso no clássico contra o Palmeiras, na rodada anterior do Campeonato Paulista, e cumpre suspensão.

Vindo de derrota na Libertadores, o São Paulo vai a campo no domingo para defender a liderança da competição estadual, garantida neste momento pelos critérios de desempate, já que a equipe soma os mesmos 23 pontos da Ponte Preta, mas com um jogo a menos.

Leia tudo sobre: osvaldosão pauloseleção brasileira

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas