Equipe da Baviera tem 20 pontos de vantagem para o Borussia Dortmund e continua isolado na liderança da competição

Após ser criticado pelo presidente Uli Hoeness, irritado com os últimos jogos do time, o Bayern de Munique conseguiu limpar o “lixo” citado pelo mandatário: na tarde deste sábado, a equipe venceu o Bayer Leverkusen, por 2 a 1, fora de casa, e praticamente ‘sepultou’ o sonho de título do adversário no Alemão.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Mario Gomes abriu o placar para o Bayern de Munique contra o Bayer Leverkusen
Frank Augstein/AP
Mario Gomes abriu o placar para o Bayern de Munique contra o Bayer Leverkusen

Em Leverkusen, líder e terceiro colocado se enfrentaram, e os visitantes abriram o placar, aos 36 minutos. O atacante Mario Gomez fez ótima jogada individual e chutou para o canto rasteiro do goleiro Leno, que só pôde contemplar o plástico lance do alemão.

Leia mais: Borussia Dortmund dá show e goleia o Freiburg com virada relâmpago

Depois de inaugurar o marcador, os bávaros adotaram uma postura mais defensiva, e o castigo, mesmo que tardio, veio: aos 29 da etapa complementar, o volante Simon Rofles se aproveitou de cruzamento na área e, após confusão, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede.

Empolgado com o tento, os mandantes aumentaram a pressão e quase viraram, mas contaram com um erro crucial. Quando o relógio já marcava 41 minutos, o zagueiro Philipp Wollscheid errou desvio de cabeça em cobrança de falta e mandou a bola para o seu próprio patrimônio.

Agora precisando de um milagre para conquistar a Alemanha, o Bayer Leverkusen, com 45 pontos e na terceira colocação, tentará a reabilitação no próximo sábado, com o Fortuna Düsseldorf, fora de casa. Já o Bayern de Munique, líder isolado, com 69 tentos, receberá o Hamburgo.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.