Após torcer por Chelsea, Raí vê atual Corinthians acima do São Paulo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Conhecedor dos bastidores do Morumbi, Raí acha que Ney Franco poderá respirar mais aliviado quando exibir uma evolução no torneio continental

Ídolo são-paulino, Raí declarou no ano passado que torceria pelo Chelsea no Mundial de Clubes. Porém, o ex-jogador viu o Corinthians conquistar o título do torneio e, neste momento de instabilidade do São Paulo na Copa Libertadores, admite que a equipe de Ney Franco está abaixo do rival.

"O São Paulo precisa dar uma deslanchada para desbancar os times brasileiros, pois o próprio Corinthians já fez uma grande apresentação (contra o Tijuana). O São Paulo tem potencial, mas acho que está abaixo ainda do Corinthians, que já tem um padrão de jogo definido", afirmou o ex-atleta.

Ao avaliar as qualidades do Corinthians, Raí se mostra conformado por sua torcida pelo Chelsea ter sido inútil no Mundial.

"Torci contra eles, porque eu sou são-paulino e tem a rivalidade, mas tenho que admitir que o Corinthians mereceu, jogou muito bem, além de ter feito duas temporadas também muito boas. Acho que foi merecido e temos de tirar o chapéu".

Neste momento, o ídolo tricolor demonstra estar mais preocupado em acompanhar seu time do coração. Apesar de o São Paulo liderar o Campeonato Paulista (ainda com um jogo a menos), Raí entende os motivos da pressão da torcida contra o técnico Ney Franco.

"Faz parte da vida do treinador", salientou o ex-meio-campista, que gostou da evolução da equipe são-paulina no fim do ano passado. "É óbvio que o clima positivo depende de resultados".

Conhecedor dos bastidores do Morumbi, Raí acha que Ney Franco poderá respirar mais aliviado quando exibir uma evolução no torneio continental. "A torcida do São Paulo dá muita importância à Copa Libertadores", encerrou.

Leia tudo sobre: são pauloraícorinthianschelsea

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas