Valdivia tem lesão confirmada e desfalca o Palmeiras por pelo menos um mês

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia também ficará de fora da seleção chilena nos compromissos da equipe neste período

Miguel Schincariol/Gazeta Press
Valdivia se machucou na partida contra o Paulista

A sequência de jogos sem lesão durou pouco. O meia Valdivia foi diagnosticado nesta segunda-feira com uma lesão no músculo reto femural e desfalcará o Palmeiras por pelo menos um mês. O prejuízo para o jogador será ainda maior, uma vez que os médicos já descartaram a sua volta antes dos próximos amistosos marcados para a seleção do Chile.

Deixe seu comentário para esta notícia

Valdivia havia se queixado de dores ao longo da partida da última quinta-feira, contra o Paulista de Jundiaí, no Pacaembu. O atleta deixou o gramado para ser preservado pela comissão técnica e recebeu a notícia de sua nova contusão após exames feitos nesta sexta-feira. Com o novo problema, a sua participação nos jogos da seleção contra Peru, no dia 22, e Uruguai, no dia 26, se torna inviável.

Mesmo sem apresentar um grande futebol em suas últimas atuações pelo Palmeiras, o armador havia recebido um voto de confiança do técnico Jorge Sampaoli. Barrado por indisciplina pelo antecessor Claudio Borghi, Valdivia teve o seu retorno confirmado para adquirir entrosamento com o time que poderá disputar a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A expectativa era recuperar a sua imagem e confiança perante os descontentes torcedores chilenos.

O problema diagnosticado nesta sexta-feira é mais uma adversidade enfrentada pelo jogador neste ano. No início da temporada, o atleta caminhava para reforçar o Palmeiras quando Henrique entrou de carrinho em um treinamento e lesionou o seu tornozelo esquerdo. O meio-campista também se mostrou preocupado com as pancadas recebidas na derrota para o Tigre e postou na internet uma foto de seu pé inchado para rebater as críticas da torcida.

O primeiro jogo sem Valdivia será disputado pelo Palmeiras neste domingo, contra o São Caetano, no Anacleto Campanella. A partida deverá servir como um teste para Gilson Kleina elaborar o novo esquema tático do time alviverde. A ausência implicará mudanças na forma como o Palmeiras vem se comportando em campo e poderá ser decisiva para o jogo da próxima terça-feira, contra o Tigre, no Pacaembu. O duelo valerá pela quarta rodada da Copa Libertadores e será crucial para a sequência da equipe no torneio continental.

Logo no início da partida, Maurício Ramos fez de cabeça o primeiro gol do Palmeiras. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressO atacante Kleber sofreu com a marcação do time de Jundiaí. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressO meia Valdívia se movimentou bastante no primeiro tempo entre Palmeiras e Paulista. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressPatrick Vieira disputa pelo alto com zagueiro do Paulista. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressVilson sai para festejar o segundo gol do Palmeiras no Pacaembu. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta Press


Leia tudo sobre: PalmeirasValdiviachileigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas