Para goleiro do Palmeiras, time não soube aproveitar fato de ter dois jogadores a mais em campo na vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras

A entrevista de Fernando Prass ao deixar o Pacaembu, ainda com vaias ao fundo, não parecia ser após uma vitória. O Palmeiras , com dois jogadores a mais durante quase todo o segundo tempo, precisou de grandes defesas do goleiro para vencer o Paulista por 2 a 1. Sofrimento que demonstra falta de inteligência na opinião do jogador mais velho do elenco.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não tivemos inteligência para aproveitar", constatou Fernando Prass. "A gente deu muito mole no segundo tempo. Com dois jogadores a mais, nunca poderíamos tomar os contra-ataques que tomamos", prosseguiu, nervoso.

Leia também:  Com dois a mais, Palmeiras sua para vencer o Paulista e é vaiado no Pacaembu

Na opinião do goleiro, seus companheiros deviam ter buscado mais alternativas em vez de se limitar a cruzar do meio para a área no segundo tempo. "Todos sabem que um time, quando perde jogadores, abdica dos atacantes e congestiona o meio. Mas forçamos o jogo pelo meio", lamentou.

"Precisávamos abrir o jogo para os lados. Mesmo que não desse certo, ficaríamos com a bola e faríamos o time deles abrir. Não tivemos essa percepção. Faltou tranquilidade para entender o jogo", continuou Fernando Prass.

Diante de suas sinceras análises, o jogador entendeu a reação dos torcedores que vaiaram a equipe no final da partida. Fernando Prass, contudo, ressaltou que ouviu alguns aplausos depois da primeira vitória do Palmeiras após três jogos sem vencer nem marcar gol. "Mas temos que jogar bem sempre. Jogando mal, venceremos só alguns jogos", apontou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.